Notícia Futebol

Pipico é a grande promessa do Santa Cruz para a nova temporada


Publicado em 06.12.2018 , às 11:15

Por TV Jornal| Com informações do JC Online/Fernando Castro

Reprodução/TV Jornal

Ainda nos treinos da pré-temporada, o Santa Cruz iniciou suas atividades de maneira descontraída e leve. Nessa quarta-feira (5), foi a vez dos jogadores treinarem pela primeira vez com a bola. Antes, estavam focando apenas na parte física, na academia do clube. Embora tenham começado os exercícios, o momento agora é de conversas, observações e análises, tanto da parte técnica, quanto na tática.

O técnico Leston Júnior, que nunca trabalhou com nenhum dos jogadores do atual elenco tricolor, orientou bastante os atletas durante todo o momento e mostrou como planeja trabalhar nesta próxima temporada. Separados dos demais jogadores da equipe tricolor, os goleiros Ricardo Ernesto, Lucas Silva e Guilherme fizeram trabalhos com o preparador de goleiros do clube.

Alexandre Gondim/JC Imagem

Outro jogador que está ansioso para voltar a jogar as partidas oficiais é Pipico. Ele entrou em campo apenas na reta final da Série C e foi um dos destaques da equipe. “É uma responsabilidade boa, mas eu tenho certeza e me conheço bem. Vou trabalhar em cima do meu limite e que eu possa fazer muito melhor em 2019 do que eu fiz em 2018”, afirma.



Apesar de pouco tempo no clube, o atacante criou um carinho especial pelo Santa Cruz. Revelou, inclusive, que recusou propostas de outros clubes das Séries A e B do Campeonato Brasileiro para renovar com o tricolor até o fim do próximo ano. “Um dos motivos de eu ter ficado no Santa foi a proposta e o planejamento que eles fizeram, tudo que eles colocaram para mim eu acreditei, confiei e estou aqui hoje novamente, então espero que 2019 seja um ano maravilhoso tanto para mim, quanto para o clube'', revelou Pipico.

Quem é Pipico?

Jogador mais velho do atual elenco coral, ao lado do zagueiro Danny Morais, de 33 anos, Pipico foi um dos destaques do Santa Cruz este ano. Ele foi artilheiro do time no Campeonato Brasileiro da Série C, marcando seis gols, em nove jogos.