Notícia CRIME

Homem é indiciado por suspeita de tentar causar acidente no metrô


Publicado em 28.01.2019 , às 17:20

Por TV Jornal / Cidades / JC Online

Foto: Reprodução/ PF

Um homem de 19 anos foi indiciado pela Polícia Federal (PF), após colocar dormentes de madeira de aproximadamente 100 quilos nos trilhos do metrô entre a Estação Central e a estação Joana Bezerra, no Centro da capital. O suspeito, que não teve o nome divulgado, seria ambulante e teria agido junto de outros comerciantes como forma de represália após uma apreensão de mercadorias.

"Eles resolveram, então, se juntar com outros comparsas para colocar esses dormentes, que são essas toras de madeira, para provocar um desastre ferroviário", explicou o chefe de comunicação da PF, Giovani Santoro.



O crime aconteceu em agosto do ano passado e, de acordo com Santoro, poderia ter provocado um acidente grave. Com as imagens gravadas pelo circuito de segurança do metrô e a identificação de uma das pessoas envolvidas, a PF espera chegar aos demais suspeitos. "Vai ficar fácil identificar os outros. O que a gente quer é responsabilizá-los por esse ato criminoso, que poderia ter provocado um grave acidente e colocado em risco a vida das pessoas que utilizavam o metrô."

Segurança

Na última semana, a Companhia Brasileira de Trens Urbanos (CBTU) inaugurou o Centro de Controle e Monitoramento (CCM). O sistema funciona na sede da companhia, no bairro de Areias, Zona Oeste do Recife, centralizando as ocorrências registradas pelas 1.362 câmeras instaladas no sistema. "Tudo em alta definição, em full HD. Essas imagens estão sendo centralizadas em uma área de comando, visualizadas e analisadas constantemente por softwares e pessoas", detalha o superintendente do metrô do Recife, Leonardo Beltrão.