Saneamento

Compesa anuncia obra que deve acabar com racionamento de água em Olinda

TV Jornal
TV Jornal
Publicado em 28/12/2016 às 10:00
Leitura:

A Compesa anunciou nesta terça-feira (27) que já está em andamento uma obra para implantar a substituição de 17 quilômetros da rede de água na cidade de Olinda, no Grande Recife. A construção, que tem investimento estimado em R$ 134 milhões, deve suspender o esquema de rodízio em pelo menos oito bairros do município.

“Temos um contrato importante em Olinda, com o apoio do Banco Mundial, para fazer obras de estruturação e divisão das redes por bairros, atuando também nos morros”, contou o presidente da Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa), Roberto Tavares. “A rede de Olinda é muito antiga e está subdimensionada. Há décadas o município não recebia um investimento tão grande”, destaca o diretor regional metropolitano da Compesa, Fernando Lôbo.

-Reprodução/TV Jornal

A primeira etapa, iniciada em outubro, abrange os bairros de Rio Doce, Jardim Atlântico e parte de Casa Caiada e de Jatobá, Bairro Novo e Jardim Fragoso, com implantação de 17 quilômetros de tubulações, incluindo adutoras de 300 a 500 milímetros de diâmetro. Também serão construídos cinco reservatórios em Jardim Atlântico.

A segunda etapa começa em abril 2017, no bairro de Ouro Preto, no restante de Casa Caiada e de Jatobá, em Jardim Fragoso e no Bairro Novo. Em dezembro de 2017 a obra chega ao Sítio Histórico, que engloba os bairros do Varadouro, Carmo, Guadalupe, Santa Tereza, Bonsucesso, Monte, Amaro Branco e Bultrins. A previsão é encerrar todo o serviço em junho de 2018.