PROGRAMAçãO

Mutirão para pessoas com gagueira é realizado na Unicap

TV Jornal

-Reprodução/TV Jornal

Um mutirão para atender pessoas com gagueira acontece, nesta segunda-feira (21), a partir das 7h, na Universidade Católica de Pernambuco (Unicap). A ideia da ação é voltar os olhos para pessoas que necessitam desse acompanhamento diferenciado, principalmente para a população mais carente. O atendimento é gratuito e vai até às 15h, no 4º andar do bloco C da instituição.

A data escolhida para o mutirão marca o Dia Internacional de Atenção à Gagueira, celebrado no dia 22 de outubro. A ação ocorre em parceria com o Conselho Regional de Fonoaudiologia. Os profissionais realizam o atendimento e a avaliação gratuitamente. Caso o paciente seja identificado com a gagueira, será encaminhado para o tratamento imediato no Grupo de Terapia para Gagueira da Unicap.

No local, os profissionais também tiram dúvidas sobre o distúrbio de linguagem. A ação envolverá estudantes dos cursos de Fonoaudiologia da Católica, Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) e  Faculdade São Miguel.

Dados

A gagueira  é acomete 5% da população mundial, sendo 1% de forma crônica e persistente. No Brasil, afeta oito milhões de crianças e dois milhões de adolescentes e adultos, segundo dados da 'Abra Gagueira'. O Dia Internacional de Atenção à Gagueira foi criado em 1998, pela Internacional Fluency Association (IFA) e pela International Stuttering Association (ISA).

Desde o início, o Brasil participou das comemorações com diversas ações voltadas para as pessoas que gaguejam, para familiares, para profissionais e para a população em geral, por meio da Abra Gagueira, do IBF e do Laboratório de Investigação Fonoaudiológica da Fluência e Distúrbios da Fluência da USP.

O que é a gagueira?

A gagueira é um distúrbio que se caracteriza por prolongamentos, bloqueios ou mesmo repetições de sons, sílabas ou palavras na fala. Há muitos estudos sobre a causa da gagueira , genéticos, psicológicos e neurológicos. O distúrbio de linguagem deve ser tratado pelo fonoaudiólogo.

Como o ouvinte deve agir?

Especialistas indicam que o indivíduo escute com naturalidade a pessoa que gagueja, procurando prestar atenção ao conteúdo da mensagem; procure não completar ou tentar adivinhar o que a pessoa irá dizer; evite observações como mandar falar devagar, respirar fundo ou falar direito; encaminhe a pessoa que gagueja para um fonoaudiólogo.

SERVIÇO

Atendimento para Pessoas que Gaguejam

Local: Clínica de Fonoaudiologia da Unicap (Bloco C, 4º andar)

Dia: segunda-feira (22 de outubro)

Horário: 9h às 15h

Contato: 81 | 2119-4137

Atendimento gratuito

TAGS

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.