LANçAMENTO NO REC 'N' PLAY

App promete diminuir o número de casos de violência contra mulheres

TV Jornal

-Reprodução/TV Jornal

Um aplicativo lançado no Rec ’n’ Play, festival que reúne ideias de vários profissionais para melhoras as cidades com o uso de tecnologia, promete ajudar a aumentar a segurança das mulheres que andam nas ruas da capital pernambucana. Denominado 'Freeda', o app trabalha enviando ao Poder Público sugestões para resolver problemas que geram situações de perigo, como a falta de iluminação e o policiamento local.

A ideia da plataforma é que, com o projeto, se diminua o número de casos de violência contra a mulher, além do medo delas ao andar nas ruas do Recife. Ao caminhar em qualquer espaço público, elas vão poder contar com a ajuda do aplicativo, que é gratuito e está disponível apenas na plataforma Android. Nele, é possível marcar lugares inseguros e fazer denúncias.

O Freeda também disponibiliza informações sobre toda a rede de atendimento à mulher, nas áreas de saúde, segurança pública e centros de referência. Já na aba “Preciso de Ajuda”, há orientações e locais que a mulher deve procurar caso sofra algum tipo de violência.

Dados de Violência

As mulheres, atualmente, fazem parte de uma estatística preocupante. De acordo com dados da Secretaria de Defesa Social de Pernambuco (SDS-PE), de janeiro a setembro deste ano, 182 mulheres foram assassinadas no Estado. No mesmo período, 1.853 vítimas de estupro prestaram queixa, um aumento de 8,28%, em relação ao mesmos meses no ano passado. A maioria dos casos são registrados no Recife e na Região Metropolitana.

Festival Rec ’n’ Play

O festival acontece no Recife Antigo desde a quarta-feira (7), e segue até o sábado (10). O evento conta com palestras e discussões sobre a inovação da cidade, além de tradições culturais e artísticas, empreendedorismo, economia criativa e entretenimento.

Nesta sexta-feira (9), as atividades começam a partir das 9h, com a Rádio Frei Caneca FM, em parceria com a Universidade Católica de Pernambuco (UNICAP), oferecendo uma oficina sobre produção de podcast. Já às 15h, na Praça do Arsenal, um encontro da oficina de Construção de Instrumentos Musicais Recicláveis e Alternativos promete animar o local.

Os shows gratuitos para o público serão a partir das 20h, com os 'Virgulados' dando início à noite de festa. O palco será montado na Rua do Observatório. Em seguida, vêm os shows de Guma, Madimboo, Romero Ferro e Alice Caymme e, para encerrar, Mariana Aydar.

Durante todos os dias de evento, está disponível também a Feira de Empreendedorismo e Cultura Afro, reunindo expositores da Feira Quilombar de Arte Negra, do Coletivo Quilombar, e da Feira Cultural Jeito Xambá de Ser, da Comunidade Xambá, oferecendo itens de gastronomia, artesanato, moda e entretenimento. Das 14h às 21h, na área externa do Cais do Sertão. A programação completa está disponível no link do festival.

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.