POLíCIA FEDERAL

Trio é preso após receber encomenda com cocaína nos Correios

TV Jornal | JC Online

-foto: Polícia Federal

A Polícia Federal em Pernambuco prendeu em flagrante três homens com 1kg de pasta a base de cocaína no bairro da Imbiribeira, na Zona Sul do Recife. A droga estava escondida em uma lata de material automotivo. 

De acordo com a PF, Wenderson Nicomendes, de 20 anos, Jullyermeson Machado, de 37, e Thaina de Aguiar, de 20 anos, foram presos durante uma fiscalização de rotina com o cão farejador na central de distribuição e encomenda dos Correios, localizada em Muribeca, Jaboatão dos Guararapes.

Após serem analisadas várias encomendas, o animal apontou para uma caixa com suspeita de conter material entorpecente. A caixa estava endereçada à Wenderson, que já teve passagem pela polícia por portar um carro clonado.

Confira na matéria exibida no Por Dentro com Cardinot desta segunda-feira (08):

Prisão

De posse dessas informações e sabendo que o destinatário iria retirar a caixa na agência dos Correios no Aeroporto do Recife, a PF montou uma vigilância no local. Policiais à paisana perceberam a chegada de Wenderson e Jullyermeson, que retiraram a encomenda e se dirigiram ao carro onde estava Thaina. Ao saírem do local, os suspeitos foram abordados pelos federais. A prisão aconteceu nessa sexta-feira (5).

Flagrante

Ainda segundo a polícia, os três suspeitos foram levados para a Superintendência da Polícia Federal, localizada no Cais do Apolo, no bairro do Recife Antigo. No interior da caixa foram encontrados vários materiais automotivos como estopas, massa e cera de polir. Dentro de uma lata de massa rápida foi encontrada uma substância pastosa acondicionada num plástico. Ao ser submetida ao exame pericial resultou positivo para pasta base de cocaína, totalizando um peso bruto de 1Kg.

Os três suspeitos foram autuados por tráfico interestadual de entorpecentes e associação criminosa. Caso sejam condenados, poderão pegar penas que variam entre 5 a 20 anos de reclusão. Além da droga, também foram apreendidos dois aparelhos celulares e um táxi.

Os dois homens presos negaram participação no crime. Já a mulher, disse à polícia que faz entrega de droga em algumas ocasiões, mas que não sabia que a encomenda dos Correios continha entorpecentes.

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.