SãO JOãO 2019

Procon Recife realiza fiscalização em barracas de fogos de artifício

Entenda o cuidado que você precisa ter na hora de comprar fogos de artifício e o perigo dos clandestinos

Procon Recife realiza fiscalização em barracas de fogos de artifício

Fiscais apreenderam fogos com irregularidades durante vistoria em Boa Viagem - Foto: Reprodução/TV Jornal

O Programa de Orientação e Proteção ao Consumidor (Procon) Recife iniciou a fiscalização dos comerciantes que colocam fogos de artifício à venda no período junino. Os fiscais visitam pontos de venda para checar se as licenças de funcionamento dos estabelecimentos estão em dia, verificar o prazo de validade dos fogos e orientar clientes e vendedores a escolher produtos originais, como forma de precaução, a fim de evitar acidentes.

Um dos primeiros locais visitados foi um ponto de vendas no bairro de Boa Viagem, na Zona Sul do Recife. Durante a vistoria, foram apreendidos fogos que apresentavam instruções apenas no idioma chinês na caixa, que é proibido. 

Confira 

Fogos clandestinos

"Do ano de 2017 para o de 2018, houve um acréscimo de 53% nos casos de queimaduras por fogos", disse Ana Paula Jardim, presidente do Procon-Recife. Para ela, os fogos clandestinos, aqueles que, quando acesos, estouram na mão da pessoa, são os principais produtos responsáveis pelos acidentes. 

Importância da fiscalização 

O servidor público Roberto Alves reconheceu a relevância da vistoria. "Na minha opinião é importantíssima. E seria legal que fosse feita em todos os pontos de venda, para que toda a sociedade fosse beneficiada", pontuou. 

Evitando acidentes

O chefe do setor de queimados do Hospital da Restauração (HR), Marcos Barreto, deu algumas dicas do que fazer em caso de acidente com fogos de artifício. Confira aqui.

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.