DENúNCIA

MPPE investiga atraso de obras no Hospital da Mulher de Caruaru

Ao todo, são mais de 4 anos de atraso. As obras no hospital foram iniciadas em 2012 e deveriam ter sido concluídas no ano de 2014

MPPE investiga atraso de obras no Hospital da Mulher de Caruaru

As obras foram iniciadas em 2012 e deveriam ter sido concluídas em 2014, para em 2015, a unidade de saúde já estar funcionando, mas nada disso aconteceu - Foto: Reprodução/TV Jornal

O Ministério Público de Pernambuco (MPPE) quer saber por que as obras do Hospital da Mulher do município de Caruaru, no Agreste, continuam paradas. A unidade, depois de pronta, vai atender mais de 30 cidades da região, desafogando as unidades do Grande Recife.

Ao todo, são mais de quatro anos de atraso. As obras foram iniciadas em 2012 e deveriam ter sido concluídas em 2014, para que, em 2015, a unidade de saúde já estivesse funcionando. No entanto, nada disso aconteceu. Devido ao atraso, o MPPE instaurou, pela segunda vez, um processo administrativo, para que a Secretaria Estadual de Saúde (SES) repasse, nos próximos 10 dias, cópias das licitações, e esclareça o porquê da paralisação. 

>> Hospital da Mulher ofertará 150 mamografias durante o 'Outubro Rosa'

>> Canibais de Garanhuns: MPPE considera injusta pena dada inicialmente

 

Confira a reportagem

Nota

A Secretaria Estadual de Saúde (SES) informou que a previsão é que até o início do próximo ano uma nova licitação seja lançada para a retomada das obras.

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.