METRÔ DO RECIFE

Integração temporal é implantada em estações do metrô do Recife


Sistema de integração temporal ônibus-metrô passará a valer a partir deste sábado (9), em ambas as estações

Gustavo Henrique Gustavo Henrique
Gustavo Henrique
Gustavo Henrique
Publicado em 08/11/2019 às 8:45
Imagem: Marcos Spigga / TV Jornal
FOTO: Imagem: Marcos Spigga / TV Jornal
Leitura:

A partir deste sábado (9), as estações Prazeres, em Jaboatão dos Guararapes, no Grande Recife, e Cosme e Damião, na Várzea, Zona Oeste do Recife, passam a operar com o esquema de integração temporal ônibus-metrô.

Os cerca de 8 mil usuários que viajam nas linhas de integração do Metrô do Recife, utilizando essas estações, precisam ficar atentos às mudanças. O usuário poderá se deslocar com o pagamento de apenas uma tarifa, no prazo de duas horas. O sistema já foi implantado em outras quatro estações. Para alguns, a integração temporal trouxe benefício, mas, para outros, é motivo de reclamação.

>> Estação Recife funcionará em esquema de integração temporal

>> Insegurança e estrutura precária: descaso na Integração da Joana Bezerra

>> Após paralisação, Metrô do Recife volta a funcionar

Confira

O que muda?

Com a mudança, os 8 mil usuários que diariamente fazem a integração metrô/ônibus nessas estações farão o segundo embarque exclusivamente com o Vale Eletrônico Metropolitano (VEM) Comum, Trabalhador, Estudante ou Livre Acesso, sem que seja debitada uma nova tarifa, dentro do período de duas horas.

O usuário que desembarcarem nos terminais integrados deverão passar seu Cartão VEM na linha de bloqueios do Metrô para ter acesso às estações, sem o pagamento de uma nova tarifa. O acesso deve ser feito obrigatoriamente pela porta dianteira e passar o cartão no validador do coletivo, girando a catraca para completar o embarque.

Confira as linhas de embarque

  • 161 – TI Aeroporto/TI Prazeres
  • 206 – TI Barro/TI Prazeres (Jordão), no TI Prazeres
  • 2456 – TI Cosme Damião/TI Camaragibe (via Viana)
  • 2459 – TI Cosme e Damião/TI Caxangá, no TI Cosme e Damião

Integração temporal

Das 36 estações da CBTU Recife, 15 delas, ou seja, 41,67%, fazem parte do Sistema Estrutural Integrado – SEI e foram responsáveis por cerca de 55,6% dos passageiros transportados, no ano de 2018. Atualmente, são quatro as estações com integração temporal implantada:

  1. Estação Cavaleiro, desde julho de 2017.
  2. Estação Largo da Paz, desde junho de 2018.
  3. Estação Recife, desde abril de 2019.
  4. Estação Santa Luzia, desde agosto de 2019.