URBANISMO

Prédios com risco de desabamento são interditados em Olinda

Edifícios localizados na IV etapa de Rio Doce, que apresentam risco de desabamento, foram interditados pela Defesa Civil

Prédios com risco de desabamento são interditados em Olinda

No ano de 2001, o edifício Verbena foi interditado. - Foto: Reprodução/TV Jornal

Atualmente, 24 famílias ocupam o Edifício Verbena, que fica no bairro de Casa Caiada, em Olinda, no Grande Recife. No ano de 2001, o prédio foi interditado, por causa do risco de desabamento. Agora, o Ministério Público de Pernambuco (MPPE) recomenda ao município de Olinda que a desocupação imediata seja feita. 

Uma moradora, que não quis se identificar, contou que quase perdeu a vida, quando morava em um prédio que desabou, em agosto de 2017. Se tratava do Edifício Agave, no bairro de Jardim Fragoso. O prédio já estava condenado, pela Defesa Civil.

>> Desespero: moradores do Holiday se recusam a deixar prédio

>> Em audiência, juiz do caso Holiday cobra projetos dos ex-moradores

Moradores que ocupavam outros edifícios abandonados, na IV etapa de Rio Doce, foram notificados por fiscais do Controle Urbano de Olinda. Esses prédios, que também apresentavam risco de desabamento, foram interditados pela Defesa Civil.

Notificação

Conforme a recomendação do MPPE, divulgada no Diário Oficial, da última terça-feira (7), a Secretaria de Meio Ambiente e Planejamento Urbano deve notificar os ocupantes do Edifício Verbena.

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.