SISTEMA DE COTAS

Estudantes reprovados nas cotas da UFPE podem recorrer até esta sexta

Ao todo, 364 candidatos aprovados pelo SISU foram reprovados na avaliação de cotas para pretos e pardos da UFPE

Gustavo Henrique
Gustavo Henrique
Publicado em 07/02/2020 às 9:00
Reprodução/TV Jornal
FOTO: Reprodução/TV Jornal
Leitura:

Os candidatos que não foram aprovados no sistema de avaliação de cotas raciais da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) têm até as 23h59 desta sexta-feira (7) para recorrer da decisão. É o caso de uma estudante, de 17 anos, moradora da Zona Oeste do Recife, que questiona os critérios de avaliação, após ter sido reprovada no processo.

Ela foi aprovada pelo Sistema de Seleção Unificada (SISU) para o curso de Turismo. Desde pequena, Andressa se reconhece como parda, mas, depois de muito estudo e dedicação, ela teve o ingresso à universidade negado, porque a comissão que avalia as cotas para pretos e pardos a considerou como “parda clara”.

A negativa chegou por e-mail e gerou uma grande frustração para toda a família, que acompanhou de perto o esforço da estudante.

364 reprovados

Assim como Andressa, 364 candidatos aprovados pelo SISU foram reprovados na avaliação de cotas para pretos e pardos da UFPE. 1089 Foram aprovados e 732 não compareceram à avaliação.

Como recorrer?

O estudante que se sentir prejudicado pelo processo tem até hoje (7) para recorrer da decisão. Uma nova comissão vai avaliar os recursos. De acordo com a pró-reitoria da universidade, a solicitação deve ser feita exclusivamente pelo site: sisu.ufpe.br

+VÍDEOS