METRÔ DO RECIFE

Acidente no Metrô do Recife: vítimas podem receber indenizações

Ao todo, 62 pessoas ficaram feridas, devido à colisão

Gustavo Henrique
Gustavo Henrique
Publicado em 19/02/2020 às 10:00
Bruno Campos/TV Jornal
FOTO: Bruno Campos/TV Jornal
Leitura:

As pessoas afetadas pelo choque entre dois trens do Metrô do Recife, na Estação Ipiranga, nessa terça-feira (18), podem receber indenizações. Ao todo, 62 pessoas ficaram feridas, a maior parte com ferimentos leves. A Secretária Executiva de Justiça e Direitos, Mariana Pontual, comentou quais são as orientações para as vítimas.

>> Veja imagens da situação do metrô após acidente com 46 feridos

>> 'Em 35 anos de metrô, isso nunca aconteceu', diz CBTU sobre acidente

"O consumidor que tiver alguma queixa a fazer, a indicação é que busque o judiciário. No Procon, ele vai resolver a questão administrativa. A empresa pode ser penalizada administrativamente ou penalmente", afirmou Mariana Pontual.

Vítimas

Algumas vítimas receberam os primeiros atendimentos ainda na estação, após o acidente. As vítimas têm entre 18 e 60 anos. Até ontem (18), 49 já tinham recebido alta. Uma estava internada na UPA da Caxangá, na Zona Oeste da cidade, e outras 12 permaneciam no Hospital da Restauração, no Derby, centro do Recife.

Nota da CBTU sobre o acidente

A CBTU lamenta o acidente ocorrido na data de hoje na Estação Ipiranga e se solidariza com os usuários. A empresa está acompanhando e prestará assistência a todos os envolvidos. Um Comitê de Crise foi instituído e a comissão interna de acidentes já está trabalhando na análise dos fatores que podem ter contribuído para tal ocorrência que é inédita. O Metrô do Recife possui sistema eletrônico de monitoramento que garante a segurança de tráfego, o que tem sido eficaz durante os 35 anos de operação.

+VÍDEOS