CASO ALDEIA

Negado segundo habeas corpus de mãe e filho suspeitos de matar médico

TV Jornal
TV Jornal
Publicado em 25/07/2018 às 17:04
Leitura:

-Reprodução/TV Jornal

A segunda câmara criminal, formada pelos desembargadores Antônio de Melo e Lima, Mauro Alencar e Antônio Carlos Alves da Silva, negou, por unanimidade, mais um pedido de habeas corpus de Jussara Paes, 54 anos, e Danilo Paes, 23 anos, esposa e filho suspeitos de assassinato e ocultação de cadáver do médico cardiologista e advogado Denirson Paes. O pedido foi negado em sessão realizada na tarde de ontem, no palácio da justiça. A defesa informou que vai entrar com recurso no supremo tribunal de justiça.

Segundo pedido

Este foi o segundo pedido de habeas corpus solicitado pela defesa dos suspeitos. A justiça já havia negado uma primeira solicitação de soltura, em sessão realizada no último dia 12 de julho.

Crime

O corpo da vítima foi encontrado no último dia 4 de julho, dentro de um poço na residência onde morava com a família, no condomínio Torquato Castro, localizado no km 12 em Aldeia, Camaragibe, Região metropolitana do Recife. Ele estava desaparecido há cerca de um mês. A esposa da vítima havia registrado um boletim de ocorrência sobre o desaparecimento do médico, no dia 20 de junho deste ano. À polícia, a mulher contou que o marido teria viajado para fora do país e não havia retornado.

Durante as investigações, a delegada Carmem Lúcia Silva Andrade, que está à frente do caso, desconfiou da participação da esposa e de um dos filhos do casal, um jovem de 23 anos, no desaparecimento do médico.

Mais Lidas