AGRESTE

Padrasto de refém em São Bento do Una fala do caso

TV Jornal / NE10 Interior

-Reprodução/TV Jornal

A família que foi feita refém dentro de casa na madrugada desta terça-feira (31)em São Bento do Una, no Agreste de Pernambuco, tinha dois bebês; um recém-nascido e outro de um ano. De acordo com o padrasto do pai das crianças, o criminoso estava baleado na perna e portava uma arma. "Graças a Deus ele não fez nada", contou.

O homem foi baleado enquanto tentava fugir após duas explosões nas agências bancárias do Banco do Brasil e Bradesco, no centro de São Bento do Una. Ele foi identificado como José Marcelo Barbosa, 41 anos. O suspeito foi detido e levado para o Hospital Regional do Agreste (HRA), em Caruaru. Um outro criminoso foi morto na ação. O resto da quadrilha, composta por cerca de dez homens, fugiu após a investida.

Confira:

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.