Zona Sul

Corpo de pedreiro que se afogou na praia do Pina é sepultado nesta 4ª

TV Jornal
TV Jornal
Publicado em 25/09/2018 às 17:10
Leitura:

-Reprodução/TV Jornal

Os familiares do ajudante de pedreiro, que desapareceu no mar da Praia do Pina, na Zona Sul do Recife, estiveram no Instituto de Medicinal Legal (IML), no bairro de Santo Amaro, na área central do Recife, para liberar o corpo do trabalhador. Dois dias após desaparecer, o corpo de Carlos Alberto Barbosa de Freitas, de 42 anos, foi encontrado no início da tarde desta terça-feira (25). O Corpo de Bombeiros fazia buscas pela vítima desde o domingo (23), quando ele se afogou em meio às fortes ondas.

De acordo com familiares, Carlos Alberto Barbosa de Freitas será sepultado na manhã desta quarta-feira (26). Os amigos e familiares prestarão as últimas homenagens ao ajudante de pedreiro às 10h no Cemitério de Santo Amaro, na área central do Recife.

Buscas

De acordo com a corporação, o corpo de Carlos foi encontrado a cerca de um quilômetro de distância de onde desapareceu, próximo ao local conhecido como Bar do Peixe. Nesta manhã, cinco militares estavam trabalhando na busca pela vítima. As buscas foram feitas de acordo com a correnteza em toda a área do local, conhecido como ‘Buraco da Véia’, onde o ajudante de pedreiro sumiu. Um Bote e jet skis foram usados na ação.

O afogamento

De acordo com populares que estavam no momento do afogamento, Carlos Alberto estava nadando com uma outra pessoa por volta de 13h do domingo (23), quando uma série de ondas muito fortes arrastou os dois para dentro do mar.

O amigo de Carlos, que nadava junto com ele, conseguiu escapar. Já ajudante de pedreiro, que sabia nadar, tentava sair do mar por diversas vezes e não conseguia. No momento do acidente, dois salva vidas do Corpo de Bombeiros tentaram resgatar a vítima, mas tiveram dificuldades por conta das ondas.

Depois de diversas tentativas de resgate, Carlos desapareceu após ser arrastado pela correnteza e as fortes ondas.

Mais Lidas