DENIRSON PAES

Justiça marca julgamento de viúva e filho de médico morto em Aldeia

TV Jornal

-Foto: Facebook / Reprodução

A justiça marcou para os dias 7 e 14 de dezembro as audiências de instrução e julgamento do engenheiro Danilo Paes e da farmacêutica Jussara Rodrigues. Mãe e filho são acusados de matar e esquartejar o médico Denirson Paes da Silva, de 54 anos, encontrado em uma cacimba no condomínio onde morava, em Aldeia, Camaragibe, no Grande Recife.

Jussara e o filho foram indiciados por homicídio triplamente qualificado e ocultação de cadáver. As audiências serão presididas pela juíza Marília Falcone, da 1ª vara criminal de Camaragibe.

Relembre

O corpo do médico cardiologista e advogado foi , em um poço na casa pertencente à família, em Aldeia, Camaragibe, Região Metropolitana do Recife. O cadáver estava em avançado estado de decomposição. Segundo as investigações, Denirson Paes desapareceu no dia 31 de maio. A esposa disse que a última informação do marido era que ele tinha feito uma viagem internacional e não teria retornado, mas a Polícia apontou que a vítima teria cancelado a viagem, anteriormente marcada para o dia 2 de junho. 

Uma vizinha contou que ouviu um barulho de pancada e viu uma movimentação no quintal. Ela disse ainda que achou que não fosse nada e voltou para dormir. No dia 31, pela manhã, Jussara Paes anunciou ao filho mais novo que o pai tinha viajado. De acordo com informações da Polícia Civil, a esposa da vítima e o filho mais velho são os principais suspeitos do crime. Eles estão presos desde o dia que o corpo foi encontrado.

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.