MULHER MORTA

Suspeitos de latrocínio são presos durante blitz da Lei Seca em Olinda

TV Jornal l Rádio Jornal

-Cortesia/WhatsApp

Três homens foram presos durante uma blitz, em Bairro Novo, Olinda, neste sábado (6), suspeitos de participarem de um latrocínio que vitimou a comerciante Mahatina Gracio de Carvalho, de 27 anos. O crime ocorreu por volta da 1 da manhã deste sábado, na Avenida Tiradentes, 4ª etapa de Rio Doce, na mesma cidade. 

Segundo as primeiras investigações, a mulher morreu após ser atingida por um disparo de arma de fogo no lado esquerdo do tórax. Ela foi surpreendida por três criminosos quando dirigia seu carro, e dava carona a uma funcionária. A comerciante, que administrava um bar em Bairro Novo, tinha acabado de deixar outro funcionário em casa, quando tudo aconteceu. 

Salatiel Brandão dos Santos Júnior, de 21 anos, confessou ter sido o autor do disparo. O homem que dirigia o carro dos criminosos no momento da abordagem, Eudes Carneiro do Vale, de 29 anos, e um terceiro comparsa, João Carlos dos Santos Barbosa, de 19 anos, também foram presos.

Segundo um policial militar, que preferiu não ser identificado, o trio foi pego depois de tentar fugir de uma blitz da lei seca em Bairro Novo. bairro novo.Quando os PMs viram no carro uma bolsa de mulher, com documentos e dinheiro, desconfiaram dos rapazes. Inicialmente, eles admitiram apenas que haviam roubado a bolsa. 

Latrocínio

A delegada à frente do caso, Vilaneida Aguiar, esclareceu ainda que o trio vai responder por latrocínio - roubo seguido de morte. Para ela,  o crime foi planejado, com a motivação de roubar a renda arrecadada pelo estabelecimento administrado pela vítima.

Além dos 3 presos, é possível que mais pessoas tenham envolvimento no crime, afirmou a delegada.

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.