PEVIDÊNCIA

Onyx reitera aprovação da reforma de Previdência 1º semestre

Ministro da Casa Civil afirmou que aprovação mostraria firmeza da atual gestão

Onyx reitera aprovação da reforma de Previdência  1º semestre

Ministro da Casa Civil reforçou que reforma da Previdência será aprovada ainda neste 1º semestre - Foto: Foto: Luis Macedo/Câmara dos Deputados

O ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, reiterou, em coletiva de imprensa, que a reforma da Previdência será aprovada ainda no primeiro semestre de 2019. Mesmo levando em conta o cenário adverso que o governo enfrenta na Câmara, o ministro permanece otimista e, para ele, a aprovação mostraria para a sociedade que a gestão do presidente Jair Bolsonaro merece confiança.

"O esforço que estamos fazendo para aprovar a Nova Previdência agora, no primeiro semestre, tem uma lógica. É a lógica de que é as pessoas vão dizer 'pô, o governo é firme, o governo merece a nossa confiança, vai dar tudo certo'", defendeu o ministro em coletiva de imprensa.

Onyx afirmou também que é importante para o país entrar no segundo semestre com esta etapa superada devido ao número de desempregados no Brasil, que chegam a cerca de 13 milhões, reforçando que a medida será aprovada até julho.

De acordo com o ministro da Casa Civil, falta previsibilidade para o mercado, o que só viria com a aprovação da reforma, acrescentando que a tarefa do governo nos primeiros meses e buscar medidas de simplificação e desburocratização. "Para isso (previsibilidade), o equilíbrio fiscal que se obtém com a reforma garante ao investidor que o dinheiro dele está seguro", disse.

Onyx ainda negou que a discussão entre parlamentares sobre um eventual recuo do presidente Jair Bolsonaro nos cortes de verbas no Ministério da Educação possa atrapalhar a tramitação da reforma no Congresso. "Não. Uma coisa é uma coisa, outra coisa é outra coisa", disse.

Ele defendeu que "é preciso ajustar tudo aquilo que é principal e acessório para a economia, para que empregos apareçam". "Agora a gente precisa de paciência e foco."

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.