LEãO

Sport faz 3 a 1 no Vitória e retorna ao G4 da Série B

O atacante Guilherme marcou dois gols para o time do Sport

Sport faz 3 a 1 no Vitória e retorna ao G4 da Série B

Guilherme foi destaque do jogo, marcando dois gols na vitória do Sport - Foto: Foto: Alexandre Gondim / JC Esportes

DIEGO BORGES | Twitter: @DiBorges9

O G4 da Série B voltou a receber as cores do Sport. O 3x1 imposto sobre o Vitória, junto à derrota do CRB, deixou o bom público de 15.176 torcedores satisfeitos na Ilha do Retiro. Em um jogo onde erros das duas defesas foram decisivos para o placar, o Rubro-negro pernambucano chegou ao quarto lugar do Campeonato Brasileiro da Série B e só depende de si para se manter na posição antes da parada para a Copa América.

Apostando na sequência da equipe, o técnico Guto Ferreira manteve a escalação da última partida, contra o Operário-PR. O entrosamento surtiu efeito e o time apresentou evolução em campo, apesar de erros de execução. O Vitória, apesar da crise que enfrenta na temporada, também apresentou uma melhora técnica e fez uma partida equilibrada na Ilha.

Confira 

Equilíbrio foi a tônica do primeiro tempo. Nos dez primeiros minutos, chances para os dois lados. Do lado pernambucano a marcação em linha alta surtiu efeito logo com quatro minutos, mas a finalização deixou a desejar. Já os baianos, pressionavam pela ponta esquerda e tiveram com Wesley a primeira grande chance do jogo, mas Mailson fez grande defesa em chute cruzado.

Só aos 23 o Sport conseguiu abrir o placar, aproveitando vacilo do sistema defensivo rival. Sander cobrou falta com agilidade e a bola passou de pé em pé até Sammir cruzar rasteiro e Guilherme apenas tirar do alcance do goleiro.

A vantagem poderia ser ainda maior. Aos 25 minutos, em contra ataque de três contra um, Sammir e Ezequiel não se entenderam o atacante desperdiçou o lance com um chute sem direção.

E como reza o ditado, ‘quem não faz, leva’, o Sport foi vítima três minutos depois. Wesley recuperou a bola em erro de inversão de Cleberson. Anselmo Ramon recebeu dentro da área e encheu o pé, sem chances para Mailson.

O Vitória ainda se assanhou com o empate e pressionou pela virada. Porém, numa tentativa de saída de jogo, a marcação alta do Sport voltou a decidir. Charles pressionou Gabriel Bispo e a bola sobrou para Guilherme, que tocou em Hernane e, de letra, o camisa nove deixou Charles livre para bater de primeira para o gol.

Segundo tempo 

A segunda etapa trouxe um cenário diferente, com o Vitória tomando as ações do jogo desde o princípio. Sempre mais perigoso com Wesley, que deu trabalho a Mailson em duas oportunidades, aos cinco e dez minutos.

Sentindo a pressão, Guto Ferreira tentou retomar o controle, acionando Hyuri no lugar de Ezequiel, recuando Guilherme para o meio. Leandrinho e Ronaldo ainda entraram. Nem mesmo com a estreia de Felipe Gedóz o Vitória evitou a melhora do Sport, que voltou a equilibrar a partida.

E foi coroado aos 33 minutos, novamente com Guilherme. O jogador recebeu um passe de frente para a grande área, limpou Everton Sena e mandou no ângulo, para ampliar e superar o saldo de gols da Ponte Preta. A festa na Ilha do Retiro seguiu até o fim, mesmo com as investidas baianas, todas sem sucesso. Leão pernambucano no G4.

Ficha do jogo

SPORT -  Mailson; Norberto, Rafael Thyere, Cleberson e Sander; Charles, João Igor(Leandrinho) e Sammir(Ronaldo); Guilherme, Ezequiel(Hyuri) e Hernane. Técnico: Guto Ferreira.

VITÓRIA - Ronaldo; Edvan, Zé Ivaldo, Everton Sena e Capa; Gabriel Bispo, Marciel(Felipe Gedóz) e Ruy(Nixon); Ruan Levine(Ítalo), Wesley e Anselmo Ramon. Técnico: Osmar Loss.

Local: Ilha do Retiro, Recife-PE

Árbitro: Vinicius Furlan (SP)

Assistentes: Fabio Rogerio Baesteiro e Gustavo Rodrigues de Oliveira (Ambos de SP)

Gols: Guilherme (23 do 1°T e 33 do 2°T) e Charles (40 do 1°T)(S); Anselmo Ramon (28 do 1°T)(V)

Cartões Amarelos: Sammir, Hyuri e Charles (S); Edvan (V)

Público: 15.179 torcedores

Renda: R$ 221.416,00

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.