INVESTIGAçãO

Preso segundo suspeito de envolvimento na morte de professor em Pombos

Professor e militante da causa LGBT foi encontrado morto em um sítio da zona rural de Pombos, no Agreste de Pernambuco

Preso segundo suspeito de envolvimento na morte de professor em Pombos

O corpo do professor foi encontrado neste sábado (29) - Foto: Reprodução/Rádio Jornal

Um homem foi preso, na manhã desta quinta-feira (25), suspeito de envolvimento na morto do professor Sandro Cipriano Pereira, na cidade de Pombos, na Zona da Mata de Pernambuco. De acordo com a Polícia Civil, um mandado de prisão preventiva foi cumprido contra João Paulo da Silva Santos.

Ainda segundo a polícia, o homem, ao ser interrogado, confessou ter se encontrado com Anderson Antônio da Silva, logo após a morte da vítima, tendo ambos levado o corpo para ser desovado e, posteriormente, roubo de bens. 

A polícia informou que o crime foi motivado por questões de cunho patrimonial, tendo sido subtraídos, na ocasião, diversos pertences da vítima, tais como televisão, aparelho de som, cartões bancários, entre outros.  Após os procedimentos de praxe, João Paulo foi recolhido ao Presídio de Vitória de Santo Antão.

Relembre o caso

A Polícia Civil em Pernambuco cumpriu o mandado de prisão do homem suspeito de assassinar o professor Sandro Cipriano em Pombos, na região Agreste de Pernambuco, no dia 10 de junho.

De acordo com a delegada Carolina Lebos, titular da delegacia do município, Anderson Antonio da Silva, conhecido como “Esquerdinha”, mantinha uma relação amorosa com o professor Sandro, em troca de vantagens financeiras, e no depoimento o suspeito confessou o crime.

“O investigado apareceu espontaneamente à polícia, a fim de ser interrogado. Ao tempo em que foi dado cumprimento ao mandado de prisão temporária. O investigado seguiu para o Presídio de Vitória de Santo Antão, onde será recolhido.”

Amigos de Sandro Cipriano consideram que o professor foi vítima de LGBTFobia. Esquerdinha, no entanto, é investigado pela pratica de latrocínio, roubo seguido de morte:

“O investigado é o principal suspeito de ter cometido um latrocínio em face de Sandro Cipriano Pereira no dia 27 de junho deste ano. É importante esclarecer que o investigado mantinha um relacionamento de cunho sexual com a vítima, ao tempo que usufruía de vantagens patrimoniais desse relacionamento. Haja vista que a vítima possuía uma condição financeira satisfatória. Foi constatado a subtração de diversos bens da residência da vítima, tais como televisão, aparelho de som, cartões bancários e carteira porta-cédula pertencentes à vítima.”

Sandro Cipriano Pereira foi encontrado morto com requintes de crueldade, na zona rural da cidade de Pombos, no dia 29 de junho depois de passar dois dias desaparecido. Além de professor, a vítima era ativista da causa lgbt, e o morte causou comoção na região onde atuava.
 

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.