ESCALPELAMENTO

Vítima de acidente de kart aguarda documentos para transferência do HR


Os médicos indicaram que nova fase do tratamento, incluindo novas cirurgias, pode ser feita em outros hospitais

Robert Sarmento
Robert Sarmento
Publicado em 16/08/2019 às 18:26
Cortesia
FOTO: Cortesia
Leitura:

Atualizada em 17/08 às 12h54

O namorado de Débora Stefany passou a tarde desta sexta-feira (16), em busca de resolver os trâmites para a transferência dela do Hospital da Restauração (HR), para outra unidade médica. Em nota , o HR informou que Débora apresenta quadro clínico estável e permanece na UTI.

“Diante desse quadro, o ato médico entra em outra fase de reconstrução, quando os procedimentos poderão ser planejados, incluindo enxertos com peles oriundas de outras regiões do corpo da paciente. A família mostrou interesse em transferir Débora para outro centro de tratamento e contará com o apoio da equipe médica do HR, caso isso venha a ocorrer”, diz a nota.

De acordo com Eduardo Tumajan, namorado da vítima, existe a possibilidade que essa nova fase do tratamento, incluindo novas cirurgias, seja feita fora do país, ou em Ribeirão Preto (SP). Por ser mais próximo e para evitar a burocracia com documentos para uma viagem internacional, como a retirada de passaporte, a família quer transferir logo Débora pra São Paulo.

>>> Jovem tem couro cabeludo arrancado em acidente de kart em Boa Viagem <<<

>>> Vítima de acidente em kart precisa de nova cirurgia e médicos indicam ser fora do Brasil <<<

A tia de Débora, Ester Maria, demonstrou que ainda está abalada com a situação da sobrinha e tenta ajudar, de alguma fora, na recuperação. A expectativa é que a transferência aconteça o mais breve possível.

Investigação

O delegado Alfredo Jorge, da Delegacia de Boa Viagem, onde o caso está sendo investigado, vai ouvir, na segunda-feira (19), o depoimento do funcionário que gritou quando viu o cabelo da jovem estava solto. Ele é mecânico e trabalha com karts há mais de vinte anos, de acordo com o delegado.

Resposta do Walmart

A assessoria de comunicação do Walmart enviou nota de resposta sobre o caso: “Informamos que o local decidido pelo médico e pela família, para transferência, iremos dar toda a assistência necessária”.

Relembre o caso

O acidente aconteceu no último domingo (11), em uma pista de kart localizada na garagem de um supermercado, em Boa Viagem, na Zona Sul do Recife, onde Débora Stefany, de 19 anos, teve o couro cabeludo arrancado, após o cabelo ser puxado pelo motor do kart. Ela foi encaminhada ao hospital da restauração, onde passou por cirurgias de emergência.

Mais Lidas