PRISãO

Mulher é presa em flagrante com venda de remédios sem autorização

De acordo com a polícia, ela é suspeita de tráfico de drogas

Mulher é presa em flagrante com venda de remédios sem autorização

A polícia informou que menor de 14 anos estava comprando dois comprimidos de clonazepam. - Foto: Reprodução/TV Jornal

A Polícia Civil informou, nesta terça-feira (27), que a Delegacia do Cordeiro prendeu em flagrante Lécia Freires de Medeiros, 52 anos, suspeita de tráfico de drogas. Segundo a polícia, ela vendia remédios controlados, presentes na portaria 344 do MS, sem autorização ou receita para menores.

Ainda de acordo com as informações repassadas pela polícia, uma menor de 14 anos estava comprando dois comprimidos de clonazepam.

 TJPE 

O Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE) informa que em audiência de custódia realizada na quarta-feira (28/8), no Fórum Desembargador Rodolfo Aureliano, Lécia Freire Medeiros recebeu alvará de soltura mediante cumprimento das seguintes medidas cautelares comparecer perante a autoridade, todas as vezes que for intimado para atos de inquérito e da instrução criminal e para o julgamento; pedir permissão para mudar de residência; comunicar ao Juízo competente o local onde será encontrado, caso de ausente de sua residência por mais de oito dias. Ela foi autuada por tráfico de drogas.

 

Apreensão

Foram apreendidas diversas caixas de remédio controlado. A ação dos policiais tiveram o apoio da Gerência e a Vigilância Sanitária do IV Distrito de Saúde do Município do Recife

Notícias policiais da TV Jornal

Quer ficar acompanhando as notícias policiais da TV Jornal? Você pode ter acesso rápido a todas elas no nosso grupo, no Facebook. Acesse aqui o grupo Notícias Policiais TV Jornal.

>>>Universitários são presos suspeitos de tráfico de drogas<<<

>>>Estelionatário é preso suspeito de aplicar golpes na internet<<<

>>>Polícia prende suspeitos de cometer assaltos e depois comercializar os roubos<<<

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.