FUTEBOL

Série B: Oeste e Sport ficam no empate sem gols

A partida aconteceu neste sábado (31)

Série B: Oeste e Sport ficam no empate sem gols

O duelo de rubro-negros ficou no empate sem gols. - Foto: Jefferson Vieira/Oeste FC

Com informações do JC Online

O ponto conquistado fora de casa pelo Sport neste sábado, contra o Oeste em Barueri, foi suficiente para manter o time no G4. Mas o sentimento do torcedor rubro-negro ficou mais próximo da frustração que de satisfação. O Leão teve um pênalti perdido e bola na trave, mas deixou escapar mais uma chance de vitória. Sensação que a torcida rubro-negra já se familiarizou.

O jogo começou refletindo bem a diferença técnica entre as duas equipes. O Sport, imprimindo a sua já característica marcação em linha alta, controlou os primeiros 15 minutos da partida.

Pela esquerda, com Hyuri, Raul Prata e Leandrinho, o time conseguiu boas triangulações que resultaram em boas chances dentro da área adversária. Juninho mandou por cima aos dez, e Hyuri saiu de cara com o goleiro após conduzir bem e tabelar com Prata, mas teve o ângulo fechado por Luis Carlos aos 13 minutos.

Tempo suficiente para o Oeste encontrar os espaços para chegar ao ataque. A defesa do Sport neutralizou as primeiras investidas, mas logo os espaços aumentaram. Aos 19, Mailson fez grandes defesas fundamentais em chutes de Thiaguinho e Fábio no rebote, que exigiu reflexo apurado com o desvio na defesa. O Leão se segurou e estabilizou o jogo novamente.

Guto ainda tentou restabelecer as investidas verticais para acelerar o jogo novamente, conversando com Juninho e Charles durante a parada para hidratação, devido à temperatura de 31°C. Mas não teve sucesso e as chances ofensivas no restante do primeiro tempo limitaram-se a chutes de longa distância, sem muito trabalho para os dois goleiros.

Segundo tempo

Na volta do intervalo, o Sport voltou a imprimir o mesmo ritmo do início, criando chances, sobretudo pela esquerda com Hyuri. O atacante fez bom cruzamento aos nove minutos e Yan caiu na área após receber um empurrão. Pênalti marcado, que Hyuri mandou para fora.

A opção de Guto Ferreira foi oferecer um fato novo ao jogo. lançando Pedro Carmona, que não atuava há três meses, e o estreante Marquinho em seguida, além de João Higor. As três mudanças aconteceram antes mesmo da segunda parada técnica, aos 30 minutos, reconfigurando a estrutura tática da equipe.

Àquela altura, o Oeste já tinha as duas melhores chances da etapa complementar, chegando com Bruno Lopes e Bonilha, mas sem pontaria na finalização. As mudanças não surtiram o efeito necessário, embora o Sport até tenha criado chances, como a bola na trave de Leandrinho nos acréscimos. Mas foi apenas isso.

Ficha do jogo

Oeste: Luis Carlos; Wallace Bonilha (Matheus Oliveira), Kanu, Caetano e Conrado; Thiaguinho, Matheus Jussa e Mazinho; Roberto (Alyson), Bruno Lopes (Welliton) e Fábio. Técnico: Renan Freitas.

Sport: Mailson; Norberto, Rafael Thyere, Eder e Raul Prata; Marcão (Marquinho), Charles e Leandrinho; Yan (João Higor), Hyuri e Juninho (Pedro Carmona). Técnico: Guto Ferreira.

Local: Arena Barueri, Barueri-SP. Árbitro: Igor Junio Benevenuto de Oliveira (MG). Assistentes: Marcus Vinicius Gomes e Fernanda Nândrea Gomes Antunes (Ambos de MG). Cartões Amarelos: Betinho e Kanu (O); Norberto e Charles (S). Público: 1.516 torcedores. Renda: R$ 29.630,00.

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.