SAúDE

Suspeitas de sarampo seguem crescendo em Pernambuco

Até o momento, 14 casos foram confirmados

Suspeitas de sarampo seguem crescendo em Pernambuco

De acordo ainda com SES, desde janeiro, já foram distribuídas mais de 685 mil doses da vacina tríplice. - Foto: Foto: Filipe Jordão/JC Imagem

O número de suspeitas de sarampo em Pernambuco aumentou, de acordo com a nota divulgada, nesta segunda-feira (09), pela Secretaria Estadual de Saúde (SES). Até o momento, 495 casos foram registrados, sendo que 86 já foram descartados, 357 estão em investigação e 14 foram confirmados, em análise laboratorial realizada pelo Laboratório Central de Saúde Pública de Pernambuco (Lacen-PE) e a Fiocruz RJ.

Devido ao cenário, a orientação é de que deve ser imunizado por meio da vacina. De acordo ainda com SES, desde janeiro, já foram distribuídas mais de 685 mil doses da vacina tríplice.

Segundo as informações repassadas pela SES, a maioria dos casos confirmados da doença são no município de Taquaritinga do Norte, no Agreste, com cinco, sendo uma morte. Os outros registros no Agreste são três em Caruaru, um de Frei Miguelinho, um de Santa Cruz do Capibaribe e um de Vertentes. No Recife, houveram três confirmações da doença.

Imunização

Crianças entre 6 meses e 11 meses devem tomar uma dose da tríplice viral. Importante ressaltar que essas crianças precisarão seguir o esquema normal de imunização a partir dos 12 meses.
Indivíduos de 1 ano a 29 anos de idade: 2 doses de tríplice viral;
Indivíduos de 30 a 49 anos de idade não vacinados: 1 dose de tríplice viral;
Profissionais de saúde não vacinados: 2 doses com a vacina tríplice viral independente da idade, com intervalo mínimo de 30 dias entre elas.

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.