AGRESSãO

Justiça determina medida protetiva contra vigilante que agrediu ex-companheira no HR

A agressão aconteceu, na manhã desta segunda-feira (16), no ambulatório do Hospital da Restauração

Justiça determina medida protetiva contra vigilante que agrediu ex-companheira no HR

O caso aconteceu no ambulatório do Hospital da Restauração - Foto: Acervo/JC Imagem

O Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE) concedeu liberdade provisória, após audiência de custódia, no Fórum Rodolfo Aureliano, para o vigilante que teria espancado a ex-mulher e uma fisioterapeuta, na manhã desta segunda-feira (16), no ambulatório do Hospital da Restauração, depois que leu conversas no celular da ex- companheira.

Afastamento

Ainda de acordo com TJPE, a medida foi tomada sem a necessidade de fiança, entretanto, com o decreto de afastamento de 500 metros da vítima, além da aproximação e comunicação proibida com testemunhas e parentes da mulher.

Processo

O agressor ainda deverá comparecer, mensalmente, em juízo e nos cinco primeiros dias úteis. até o término do processo. para informar e justificar suas atividades, sem poder se ausentar da Comarca região), determinada pela Justiça, sem autorização.

Notícias policiais da TV Jornal

Quer ficar acompanhando as notícias policiais da TV Jornal? Você pode ter acesso rápido a todas elas no nosso grupo, no Facebook. Acesse aqui o grupo Notícias Policiais TV Jornal.

>>>Mulher é agredida por ex-marido no ambulatório do Hospital da Restauração

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.