Prisão e apreensão

Homens são detidos com armas e aves silvestres abatidas em Garanhuns

Eles vão responder por crime ambiental e maus tratos de animais

Robert Sarmento
Robert Sarmento
Publicado em 20/09/2019 às 15:56
Divulgação/PRF
FOTO: Divulgação/PRF
Leitura:

Dois homens de 36 e 40 anos foram presos, nesta sexta-feira (20), com duas espingardas e três aves silvestres abatidas, na cidade de Garanhuns, no Agreste de Pernambuco. As prisões aconteceram durante uma abordagem da Polícia Rodoviária Federal (PRF), em uma caminhonete, no quilômetro 91, da BR-424.

Segundo a PRF, os homens informaram que caçaram as aves da espécie codorna, na Zona Rural do município de Terezinha. Eles estavam com 75 munições e não portavam o documento de porte obrigatório das armas. Além das aves, os policiais encontraram no veículo dois cães da raça perdigueiro. Os animais eram transportados na caçamba coberta sem qualquer ventilação. Depois deles serem hidratados foram levados à um abrigo.

Crime

Os caçadores foram detidos e encaminhados à Delegacia de Garanhuns. Eles devem responder por porte ilegal de arma de fogo, crime ambiental e maus tratos de animais.

Mais Lidas