DENúNCIA

Ministério Público denuncia diretor de escola por apropriação de recursos

De acordo com a denúncia, o dinheiro teria sido utilizado para quitar dívidas pessoais

Ministério Público denuncia diretor de escola por apropriação de recursos

O professor é acusado de crime de peculato e falsificação de documento público, e caso seja condenado, pode pegar até dezessete anos de prisão. - Foto: Reprodução/TV Jornal

O Ministério Público Federal denunciou nesta sexta-feira (20), o diretor de uma escola da rede estadual de ensino de Pernambuco, que não teve o nome divulgado, por apropriação de recursos que foram repassados à unidade de ensino. De acordo com a denúncia, ele trabalhava na Escola Estadual Argentina Castello Branco, em Olinda, na Região Metropolitana do Recife, e teria utilizado o dinheiro para quitar dívidas pessoais, deixando um prejuízo de R$ 102 mil aos cofres públicos.

A verba federal que foi repassada à escola nos anos de 2011, foi destinada à manutenção e melhoria da infraestrutura física e pedagógica da escola.

Acusação

O professor é acusado de crime de peculato e falsificação de documento público, e caso seja condenado, pode pegar até dezessete anos de prisão.

Nota da Secretaria de Educação

A Secretaria de Educação de Pernambuco informou que ele não é mais gestor da Escola Argentina Castelo Branco.

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.