FUTEBOL

Depois de polêmica, Polícia Militar confirma efetivo em jogo do Náutico na Série C

No último jogo do alvirrubro, houve um efetivo menor de policiais

Depois de polêmica, Polícia Militar confirma efetivo em jogo do Náutico na Série C

Náutico e Sampaio Corrêa disputam o título da Série C em 2019 - Foto: Léo Motta/JC Imagem

A Polícia Militar de Pernambuco divulgou, nesta sexta-feira (26), que 254 policiais vão estar trabalhando para garantir a segurança no jogo entre Náutico e Sampaio, que acontece no próximo domingo (29), às 16h, nos Aflitos. Ainda segundo a polícia, a área interna do estádio contará com 43 policiais do Batalhão de Choque. Na última partida, contra o Juventude, a polêmica surgiu por conta do show da banda norte-americana Bon Jovi, em que a PM solicitou a mudança da data do confronto. 

Na ocasião, o vice-presidente do Náutico, Diógenes Braga, ficou na bronca com os responsáveis pela segurança pública. 

“É preciso o clube estar aqui representado por mim, para que a gente agradeça o comportamento do nosso torcedor. Nós fomos vítimas de uma retaliação covarde, de um biquinho de uma entidade muito importante para a sociedade. E a compreensão da torcida de ter comportamento foi fundamental. Então, o Náutico vem agradecer a torcida o comportamento. Igualmente o clube vem agradecer a guarda municipal, que veio trabalhar no jogo e, apesar de um efetivo pequeno, se desdobraram. E, apesar de talvez não ser adequado, eu preciso dizer: que se no próximo jogo a PM continuar de biquinho não precisa vir não, a torcida do Náutico, com o seu comportamento, e a guarda municipal conseguem manter a ordem”, desabafou. 

Segurança nos arredores

Já na área externa e as principais vias de acesso ao local do jogo contarão com a presença de 184 policiais. A Polícia Militar também informou que efetivo nas estações do metrô e terminais integrados de passageiros com 27 guarnições no patrulhamento motorizado. Além disso, repassou que toda operação policial será monitorada por oficiais da Corporação através das câmeras de segurança no Centro Integrado de Controle e Comando Regional. 

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.