Vandalismo

Homem joga coleira de animal em cabos de energia do metrô

Segundo a CBTU, os casos captados estão sendo encaminhados à Polícia Federal

Suzyanne Freitas
Suzyanne Freitas
Publicado em 30/09/2019 às 16:27
Foto: Reprodução/CBTU
FOTO: Foto: Reprodução/CBTU
Leitura:

Um homem foi flagrado por imagens do circuito interno de monitoramento do metrô do Recife, nesta segunda-feira (30), jogando uma coleira de cachorro na rede aérea. Os cabos são responsáveis por alimentar os trens de energia. A ação, segundo a Companhia Brasileira de Trens Urbanos do Recife (CBTU), poderia ter causado a paralisação do sistema.

No vídeo, é possível observar que o homem aparece andando pela plataforma com o objeto na mão. Logo em seguida, o objeto é atirado em cima da fiação.

Resposta da CBTU

A Companhia Brasileira de Trens Urbanos do Recife (CBTU) informa que os casos captados estão sendo encaminhados à Polícia Federal. "A empresa ressalta que vandalismo é crime passível de punição com pena de detenção de seis meses a três anos e multa. Os casos de dano ao patrimônio dentro do Metrô do Recife são registrados internamente pela CBTU e estão sendo encaminhados à Polícia Federal, órgão competente para investigar essas ocorrências", diz trecho do comunicado.

Paralisações

Só neste ano, os usuários do metrô do Recife vêm enfrentando diversos problemas que paralisaram a operação do sistema. No início de setembro, na quinta-feira (5), o ramal Camaragibe teve o serviço interrompido devido a um rompimento de cabo da rede. A operação no ramal e na estação Coqueiral ficou paralisada por mais de 24h.

Já no dia 26 de julho, também no ramal Camaragibe, o serviço foi interrompido após uma pane elétrica perto da estação Coqueiral. Uma rede de pesca, encontrada em cima de um dos trens, teria provocado o problema.

No dia 22, a linha Sul do metrô passou quatro horas paralisada depois que um trem apresentou falha na alimentação de energia e parou entre as estações Tancredo Neves e Shopping. Com a quebra, os passageiros desceram do trem e andaram pelos trilhos. No dia 18 de agosto, a linha Centro passou quatro dias sem funcionar por causa de problema nos cabos de energia que alimentam os trens.

Confira outras informações no JC Online.

 

Mais Lidas