PROCESSO

Camila Pitanga ganha processo contra a revista Playboy

A ação foi encerrada nesta quinta-feira (08), pelo Tribunal da Justiça do Rio de Janeiro

Camila Pitanga ganha processo contra a revista Playboy

Para Pitanga, suas fotos foram usadas para obter lucro sem autorização, além do cunho sexual pejorativo - Foto: Reprodução/Instagram

A atriz Camila Pitanga de 42 anos, venceu um processo que movia há mais de 7 anos contra a revista Playboy, pelo uso indevido de suas imagens na edição de dezembro de 2012. A decisão final foi dada na última terça-feira (5), pelo STJ (Superior Tribunal Justiça).

Processo

De acordo com o processo, três imagens retiradas do filme "Eu Receberia as Piores Notícias de Seus Lindos Lábios", foram publicadas sem a autorização de Camila.

Indenização

A ação foi iniciada no Tribunal da Justiça do Rio de Janeiro e encerrada nesta quinta-feira (07), determinando que a Editora Abril indenize indenize a atriz por R$ 300 mil. "Nós estamos bastante felizes com o resultado, uma vez que o STJ não acolheu o recurso do Grupo Abril, mantendo a correta decisão que já tinha sido decidida pela Justiça do Rio", declarou o advogado da atriz, Ricardo Brajterman, a reportagem.

>>>Ator volta a interpretar o vilão Felix em novela<<<

Atriz

Para Pitanga, suas fotos foram usadas para obter lucro sem autorização, além do cunho sexual pejorativo.

Playboy

Questionado sobre o valor da indenização, R$ 300 mil, Brajterman disse que a quantia foi decidida pelo judiciário, que levou em consideração o fato de que a revista Playboy, na época, teria feito vários convites para a atriz posar nua e ela teria sempre recusado. Após três anos da publicação, em dezembro de 2015, o Grupo Abril cancelou a produção da Playboy e alegou que a empresa estava tomando um novo posicionamento no mercado.

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.