DENúNCIA

Lorena Vieira, noiva do DJ Rennan da Penha, acusa agência bancária de racismo

Vários vídeos foram publicados por Lorena Vieira nas redes sociais

Lorena Vieira, noiva do DJ Rennan da Penha, acusa agência bancária de racismo

A empresária Lorena Vieira afirma que foi vítima de racismo - Foto: Reprodução/Instagram

A empresária Lorena Vieira, que é noiva do DJ Rennan da Penha, uma agência bancária do Itaú, no Rio de Janeiro, de racismo. Lorena contou ela foi retirada do banco por policiais civis e levada para a delegacia. O caso aconteceu nesta quinta-feira (30). Ainda segundo Lorena, acharam que ela não era a pessoa na foto dos documentos.

"Chamaram a Polícia pra mim. Me tiraram de lá, aquela vergonha toda", relatou Lorena nas redes sociais. Lorenna também denunciou o caso em sua conta do Twitter.

Resposta do Itaú na íntegra

"O Itaú Unibanco lamenta e se desculpa pelos transtornos causados a Lorenna Vieira nesta quinta-feira, no Rio de Janeiro, e vem tentando contato com ela para resolver a situação. O Itaú Unibanco esclarece que o procedimento adotado na agência é padrão em casos de suspeita de fraude, e não tem qualquer relação com questões de raça ou gênero. O objetivo era proteger os recursos de Lorenna de possível fraude, uma vez que já havia um bloqueio preventivo de sua conta corrente e era difícil identificá-la com o documento apresentado no caixa. O Itaú Unibanco acredita que toda forma de discriminação racial deve ser combatida”.

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.