MáFIA

Morre Popeye, ''braço-direito'' de Pablo Escobar, e responsável por mais de 3 mil mortes

John Jairo Velázquez Vázquez era integrante de cartel de Medllín, na Colômbia, e tinha 54 anos

Morre Popeye, ''braço-direito'' de Pablo Escobar, e responsável por mais de 3 mil mortes

Popeye era homem de confiança de Pablo Escobar - Foto: Reprodução/Instagram

Morreu na madrugada desta quinta-feira (06) o narcotraficante John Jairo Velázquez Vázquez, aos 54 anos . Ele era mais conhecido como Popeye, e considerado um dos  principais e mais cruéis assassinos da história do cartel de Medellín, organização que foi chefiada por Pablo Escobar (1949-1993) na Colômbia. O sicário (termo usado para identificar os assassinos que trabalham para os cartéis) foi condenado por ter matado mais de 200 pessoas, incluindo sua própria mulher, e de estar por trás do planejamento ou de fazer parte da execução de vários atentados que causaram a morte de mais de 3.000 pessoas.

Prisão

Popeye, homem de confiança de Escobar, estava preso, mas tinha sido transferido no final do ano passado a um hospital por conta da metástase de um câncer no esôfago. Ele foi condenado à prisão perpétua em 1992 por terrorismo, homicídio, tráfico de drogas e outros crimes, ele ficou 23 anos preso, obtendo a liberdade em 2014. Quatro anos depois, porém, voltou a prisão e respondia a um processo por tentar extorquir famílias do Departamento de Antioquia -região onde o cartel operava- que tinham ficado com propriedades antes controladas pela facção criminosa.

Série de ficção

Popeye era uma figura controversa que gostava de dar longas entrevistas, relatando os crimes do cartel, em alguns casos pedindo desculpas, em outros criticando Pablo Escobar. Mas para muitos, incluindo os familiares de Escobar, o antigo assassino distorcia a história a seu favor. O sicário ganhou, inclusive uma série de ficção da Netflix sobre sua vida, "Sobrevivendo a Escobar, Alias JJ". Ele também lançou livros sobre sua atuação no cartel e chegou a tentar se lançar como youtuber, criando um canal de vídeos no qual contava sua história.

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.