MANIFESTAçãO

Protesto pede justiça por morte de fotógrafa na Madalena e fecha trechos da Avenida Caxangá

Motoristas tentaram fazer desvios, mas a população fechou os dois trechos

Protesto pede justiça por morte de fotógrafa na Madalena e fecha trechos da Avenida Caxangá

O protesto é devido à morte da fotógrafa Leandra Jennifer - Foto: Bruna de Oliveira/TV Jornal

Com informações de Bruna de Oliveira

Devido ao crime de feminicídio, com a morte da fotógrafa Leandra Jennifer, familiares e amigos realizam um protesto no trecho da Avenida Caxangá que passa pelo bairro da Madalena, na Zona Norte do Recife. Os dois trechos da via estão fechados, o trânsito no local está parado e o engarrafamento é extenso.  O Corpo de Bombeiros e a Autarquia de Trânsito e Transporte (CTTU) estão no local.  

''Ficamos sabendo que ele já foi três vezes na delegacia, mas quando ver a imprensa e os familiares ele foge. Ele está esperando uma medida preventiva para ser preso. Isso não pode acontecer. O que a gente sabia era o que estava nas redes sociais. Por trás de um relacionamento que a gente só ver beleza, tem as brigas. Hoje a gente ver que ela passava por um relacionamento abusivo'', contou Lisandra, a irmã da vítima.

 

Casa de fotógrafa é saqueada

Algumas pessoas foram flagradas saqueando a casa da fotógrafa. As imagens foram enviadas para a produção da TV Jornal, nesta terça-feira (11), e A família de Leandra confirmou o caso e revelou que só conseguiu retirar as fraldas do neto, uma bolsa do bebê e os documentos da filha.

Família aguarda suspeito na delegacia

A mãe e o pai da fotógrafa fazem plantão em frente ao Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), no bairro do Cordeiro, Zona Oeste do Recife, para esperar do suspeito, que deve se entregar à polícia nesta quarta-feira (12).

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.