INVESTIGAçãO

Líder religioso é suspeito de cometer estupros no Recife

Pelo menos, oito mulheres foram vítimas do ex-pastor

Líder religioso é suspeito de cometer estupros no Recife

O acusado foi intimado a prestar depoimento por duas vezes e nas duas ocasiões pediu adiamento, alegando problemas psiquiátricos - Foto: Reprodução

Com informações de Mônica Ermínio

A Polícia Civil investiga um ex-pastor de igreja evangélica, localizada na Zona Norte do Recife, suspeito de estuprar oito mulheres. De acordo com as investigações, pelo menos quatro líderes religiosos já prestaram depoimento contra ele. A reportagem da TV Jornal entrevistou duas vítimas e ambas contaram que o homem usava técnicas de manipulação psicológica e a posição de pastor para cometar os estupros.

Uma das vítimas relatou que estava passando por problemas no casamento e o pastor falou traumas sexuais a impediam de viver bem e só ele poderia ajudá-la. O ato criminoso acontecia dentro do gabinete pastoral. A outra vítima revelou que foi abusada há 13 anos, mas a igreja não acreditou nela.

Investigação

O caso esta sendo investigado desde janeiro pela Delegacia da Mulher. De acordo com a delegada, alguns abusos teriam sido cometidos há mais de 18 anos. Ainda segundo a polícia, o pastor renunciou ao pastorado, está afastado do exercício da profissão e teve a inscrição no Conselho Regional de Psicologia suspensa. A delegada também contou que a igreja vem dando suporte às vítimas do caso.

A produção da TV Jornal também procurou o pastor, por meio de telefone, mas ele não deu respostas às ligações.

Nota de resposta

 

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.