NOTA

''Brasil está sem comando", critica Paulo Câmara após pronunciamento de Jair Bolsonaro

O governador ainda demonstrou apoio a ações de combate ao coronavírus

''Brasil está sem comando

O governador criticou o pronunciamento do presidente brasileiro - Foto: Yacy Ribeiro/ JC Imagem

O governador de Pernambuco, Paulo Câmara (PSB), por meio de nota, criticou o pronunciamento feito na terça-feira (24), pelo presidente Jair Bolsonaro. Durante o discurso, Jair criticou o isolamento social feito por conta do novo coronavírus e atacou a imprensa. De acordo com Paulo, o gesto do presidente "comprova que o Brasil está sem comando".

Pedido

Ainda através da nota, o governador reforçou que a situação pede serenidade, união e muito trabalho.

Nota na íntegra

Enquanto líderes de vários países tomam medidas necessárias para conter o avanço no novo Coronavírus, aqui no Brasil, em pronunciamento veiculado em Rede Nacional, o presidente Jair Bolsonaro vai na contramão do que defendem autoridades sanitárias e o próprio Ministério da Saúde. Um discurso que, lamentavelmente, comprova que o Brasil está sem comando num dos momentos mais desafiadores de sua história.

O sacrifício é imenso, sabemos disso. Mas todo esforço tem um único objetivo: salvar vidas. Por isso, em Pernambuco todas as medidas estão mantidas. É tempo de serenidade, união e muito trabalho.

Enquanto líderes de vários países tomam medidas necessárias para conter o avanço no novo Coronavírus, aqui no Brasil, em pronunciamento veiculado em Rede Nacional, o presidente Jair Bolsonaro vai contramão do que defendem autoridades sanitárias e o próprio Ministério da Saúde.

Coronavírus em Pernambuco

A Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE) confirmou a primeira morte pelo novo coronavírus no Estado. De acordo com a SES-PE, a vítima é um idoso de 85 anos, que estava internado no Hospital Universitário Oswaldo Cruz (HUOC), no bairro de Santo Amaro, área central do Recife. Ainda de acordo com a Secretaria Estadual de Saúde, também foram registrados quatro novos casos, nas últimas 24h, e o número subiu para 46 confirmações

Covid-19 no Brasil

O número de mortes decorrentes do novo coronavírus (covid-19) chegou a 46, conforme atualização do Ministério da Saúde publicada nessa terça-feira (24). Até segunda (23), o número de pessoas que vieram a óbito estava em 34. No domingo (22), era de 25, um aumento de quase 20 casos em apenas dois dias.

O total de casos confirmados saiu de 1.891 na segunda para 2.201 na terça, um acréscimo proporcional de 16% e de 310 em números absolutos. O resultado de hoje marcou um aumento de 42% nos casos em relação a domingo, quando foram registradas 1.546 pessoas infectadas.

As mortes continuam restritas a São Paulo, com 40 óbitos, e Rio de Janeiro, com 6 falecimentos. A taxa de letalidade saiu de 1,8% ontem (23) para 2,1% hoje.

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.