SUPERAÇÃO

Italiana de 102 anos vence coronavírus e vira símbolo de esperança

Conheça Dona Italica, que depois de 20 dias internada, se recuperou da Covid-19 e recebeu alta do hospital

Italiana de 102 anos vence coronavírus e vira símbolo de esperança

Italica Grondona superou o coronavírus - Foto: Reprodução/Internet

Italica Grondona é uma mulher italiana de 102 anos que se tornou um símbolo de resistência e esperança pandemia do coronavírus. Após 20 dias de internamento, a senhora se recuperou e recebeu alta do hospital.

>>>Pernambuco anuncia 1º caso de "cura clínica" de coronavírus

>>>Pernambuco confirma mais duas novas curas clínicas do coronavírus

>>>Idosa de 97 anos e outras 13 pessoas têm cura clínica do novo coronavírus em Pernambuco

Ela ficou conhecida como "a vovó imortal" e agora é faz parte do grupo de mais de 15 mil italianos recuperados da Covid-19. A Itália foi durante dias o epicentro da doença no mundo e já acumula mais 12 mil mortos. É  a nação mais afetada até o momento.

A médica Vera Sicbaldi, responsável pela idosa, afirmou que dona Italica representa esperança para os milhares de pessoas do grupo de risco, especialmente pessoas da terceira idade, contaminados com o coronavírus. 

Ela foi hospitalizada no San Martino, em Gênova, no início de março com sintomas leves da doença. Fez o teste e recebeu o diagnóstico de Covid-19. A equipe médica tratou dona Italica, recolheu amostras biológicas da paciente, que pode ter sido a primeira a superar o coronavírus e também a gripe espanhola, pandemia que aconteceu entre 1918 e 1920. 

Descanso e sonho

No momento, a "avó imortal" está em casa, descansando. O sonho da idosa é conhecer o piloto Valentino Rossi, campeão nove vezes da MotoGP.

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.