DOCUMENTO

Saiba como solicitar a inscrição do CPF pelos Correios para receber auxílio emergencial de R$ 600

Ter o CPF ativo é um dos pré-requisitos para receber o coronavoucher


Saiba como solicitar a inscrição do CPF pelos Correios para receber auxílio emergencial de R$ 600

Para solicitar a inscrição no cadastro, o cidadão deve comparecer a uma unidade dos Correios munido da documentação necessária - Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

Um dos pré-requisitos para receber o auxílio de R$ 600, liberado pelo Governo Federal, durante a pandemia do novo coronavírus, é ter o CPF ativo. Contudo, diversas pessoas não estão com esse documento regularizado. Mas, através dos Correios, é possível obter a inscrição do CPF para quem ainda não tem o documento ou para quem precisa da regularização cadastral e a alteração de dados como data de nascimento, número do título eleitoral, endereço, nome da mãe e a mudança de sexo.

Como solicitar

Para solicitar a inscrição no cadastro, o cidadão deve comparecer a uma unidade dos Correios munido da documentação necessária e pagar o valor de R$ 7,00. O número do documento sai na hora.

O CPF é utilizado para identificar o cidadão na Receita Federal. Não é obrigatório portar o cartão, mas o número do cadastro é exigido em várias situações, principalmente em operações financeiras, como abertura de contas em bancos.

>>Auxílio de R$ 600: Veja como regularizar questões na Justiça Eleitoral

>>Veja o que fazer para regularizar CPF e pedir auxílio de R$ 600

Balcão do Cidadão

Os Correios já prestam vários serviços ao cidadão, além da emissão de CPF. Outros serviços como emissão de certificado digital; entrada no seguro por acidente de trânsito (DPVAT); consulta ao SPC/Serasa e o Documentos Achados e Perdidos também estão disponíveis nas agências. Por meio da iniciativa Balcão do Cidadão, os Correios estão ampliando a parceria com instituições públicas e privadas para a oferta de serviços e outras conveniências em suas agências. É uma oportunidade para órgãos públicos e empresas que querem potencializar a prestação de multisserviços, por meio da infraestrutura e da capilaridade das unidades de atendimento da estatal.

Regras do coronavoucher 

A Caixa Econômica Federal anunciou as regras para o cadastramento do coronavoucher. Muita gente está indo procurar agências bancárias, desde a liberação do cadastro para o auxílio emergencial na terça-feira (07), mas não adianta. O cadastro só pode ser feito via site ou aplicativo. Em caso de dúvidas, o governo disponibilizou o telefone 111.

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.