PANDEMIA

Decreto recomenda que população em Pernambuco utilize máscaras nas ruas e obriga uso para trabalhadores

O decreto foi assinado pelo governador do Estado, Paulo Câmara

Decreto recomenda que população em Pernambuco utilize máscaras nas ruas e obriga uso para trabalhadores

Decreto assinado pelo governador Paulo Câmara entrará em vigor na próxima segunda-feira (27) - Foto: Leo Motta/JC Imagem

O governador Paulo Câmara assinou o decreto, nesta quinta-feira (27), que torna obrigatório o uso de máscaras de proteção para funcionários e colaboradores dos estabelecimentos comerciais cujo funcionamento esteja permitido. O decreto recomenda, ainda, a utilização de máscaras para toda a população em geral, sempre que for necessário sair de casa para algum motivo emergencial.

Decreto

O decreto assinado pelo governador entrará em vigor na próxima segunda-feira (27). Até lá, há tempo suficiente para todos adquirirem o equipamento de proteção. O documento deixa registrado também que as máscaras a serem adotadas obrigatoriamente pelos trabalhadores dos estabelecimentos, bem como as utilizadas pela população poderão ser industrializadas ou artesanais.

Coronavírus em PE

A Secretária Estadual de Saúde (SES-PE) atualizou, nesta quinta-feira (22), os números de coronavírus em Pernambuco. Nas últimas 24 horas, foram registras mais 30 mortes e 306 novas pessoas infectadas com a covid-19 no Estado. De acordo com a SES-PE, haverá uma coletiva de imprensa online para detalhes os casos. Ao todo, até o momento, são 312 mortes e 3.604 infectados.

O que é coronavírus?

Coronavírus é uma família de vírus que causam infecções respiratórias. O novo agente do coronavírus foi descoberto em 31/12/19 após casos registrados na China.Os primeiros coronavírus humanos foram isolados pela primeira vez em 1937. No entanto, foi em 1965 que o vírus foi descrito como coronavírus, em decorrência do perfil na microscopia, parecendo uma coroa.

Como prevenir o coronavírus?

O Ministério da Saúde orienta cuidados básicos para reduzir o risco geral de contrair ou transmitir infecções respiratórias agudas, incluindo o coronavírus. Entre as medidas estão:

  • Lavar as mãos frequentemente com água e sabonete por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização.
  • Se não houver água e sabonete, usar um desinfetante para as mãos à base de álcool.
  • Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas.
  • Evitar contato próximo com pessoas doentes.
  • Ficar em casa quando estiver doente.
  • Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo.
  • Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com freqüência.
  • Profissionais de saúde devem utilizar medidas de precaução padrão, de contato e de gotículas (máscara cirúrgica, luvas, avental não estéril e óculos de proteção).
  • Para a realização de procedimentos que gerem aerossolização de secreções respiratórias como intubação, aspiração de vias aéreas ou indução de escarro, deverá ser utilizado precaução por aerossóis, com uso de máscara N95.

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.