TRANSPORTE PúBLICO

Lockdown: PMPE e Grande Recife ampliam fiscalizações nos ônibus

Durante a operação, será verificado o uso obrigatório de máscara, o distanciamento entre as pessoas e o respeito à capacidade máxima dos ônibus

Lockdown: PMPE e Grande Recife ampliam fiscalizações nos ônibus

Terminal Integrado do Barro - Foto: Jailton Júnior/ JC Imagem

Conforme Decreto Estadual que instituiu lockdown (quarentena mais severa) em cinco cidades do Grande Recife desde o dia 16, o transporte público deve rodar apenas com passageiros sentados para evitar aglomerações. No entanto, como mostrou reportagem do Por Dentro com Cardinot nesta quinta-feira (28), a realidade bem diferente em alguns pontos do Grande Recife. Diante disso, as secretarias de Defesa Social (SDS) e Desenvolvimento Urbano e Habitação (Seduh) estão reforçando a fiscalização das medidas sanitárias no transporte coletivo. Na tarde desta quinta-feira (28), a operação Transporte Seguro, da Polícia Militar, e profissionais do Grande Recife Consórcio de Transporte fizeram pontos de blitz em alguns dos principais corredores viários do Recife, Olinda, Jaboatão dos Guararapes, Camaragibe e São Lourenço da Mata.

Durante a operação, será verificado o uso obrigatório de máscaras e distribuído o equipamento para quem não possui. A fiscalização vai ainda verificar o distanciamento entre as pessoas e o respeito à capacidade máxima dos ônibus. Essas ações se estendem até o próximo e domingo (31) e objetivam, na última semana da Operação Quarentena, intensificar a prevenção à disseminação da Covid-19.

“Com as operações Terminal Integrado Seguro e Choque de Ordem, já estamos fazendo fiscalizações e ordenamentos em oito terminais integrados. Agora, estamos dando um passo à frente, com a incorporação da Operação Transporte Seguro, ordinariamente voltada à prevenção e repressão aos assaltos a coletivos, e que passará a colaborar também com as determinações sanitárias. Esse é um esforço grande de todo o efetivo de segurança e do Grande Recife Consórcio para proteger a população, que deve fazer a sua parte, seja ficando em casa e, em todos os momentos e locais, respeitando as normas de prevenção ao novo Coronavírus”, diz o secretário-executivo de Defesa Social, Humberto Freire.

De acordo com o coordenador da Transporte Seguro, major Jean Cândido de Melo, serão nove equipes distribuídas em corredores de grande fluxo das cinco cidades da Quarentena. “Nossa ação tem como foco o período da tarde e noite, nos horários de pico da volta pra casa. Além das abordagens com o objetivo sanitário, como a justificativa para estar circulando, o distanciamento entre as pessoas e também fornecendo máscaras aos passageiros, estaremos fazendo consultas dos aparelhos no sistema Alerta Celular e outros procedimentos de rotina que previnem crimes e trazem segurança à sociedade”, explica.

Balanço da Operação Quarentena

Durante os 12 dias da Operação Quarentena em Pernambuco, as forças de segurança pública do Estado, em parceria com órgãos das prefeituras dos cinco municípios, realizaram mais de 143 mil abordagens a veículos, orientaram mais de 200 mil pessoas e fiscalizaram cerca de 31 mil estabelecimentos. Em toda a operação, 15 mil profissionais das operativas da SDS foram mobilizados, em escalas de plantão.

Nesta quinta-feira (28/05), há 1.656 policiais e bombeiros atuando exclusivamente na Operação Quarentena e na Choque de Ordem, 60% a mais do que o empregado nos primeiros dias. Diariamente, são montados 61 pontos de bloqueio em ruas e avenidas, assim como estão nas ruas 86 equipes da Operação Choque de Ordem, que fiscaliza o comércio e demais estabelecimentos não-essenciais que devem permanecer fechados durante a quarentena.

 

>> ONG distribui 450 refeições para comunidade em Olinda; veja como doar
>> Coronavírus: doação de sangue pode ser agendada respeitando quarentena
>> Hospital de Câncer precisa de ajuda para continuar atendendo pacientes
>> Mulher faz apelo por doação de sangue; veja como e onde doar
>> Menina de 3 anos com leucemia precisa de doação de sangue
>> Paróquia do Santíssimo Sacramento de Santo Antônio realiza campanha de arrecadação de máscaras para moradores de rua

O que é coronavírus?

Coronavírus é uma família de vírus que causam infecções respiratórias. O novo agente do coronavírus foi descoberto em 31/12/19 após casos registrados na China.Os primeiros coronavírus humanos foram isolados pela primeira vez em 1937. No entanto, foi em 1965 que o vírus foi descrito como coronavírus, em decorrência do perfil na microscopia, parecendo uma coroa.

>> Coronavírus: Profissionais de saúde do Recife criam campanha para arrecadação de doações
>> Núcleo de Apoio à Criança com Câncer afirma que doações caíram pela metade por causa do coronavírus
>> Pandemia do coronavírus: Lar do Neném pede doações para se manter
>> Delegacia de Boa Viagem e ONG fazem campanhas para arrecadar doações
>> Coronavírus: HCP e Detran lançam campanhas para arrecadar doações
>> Veja como ajudar e onde procurar ajuda neste cenário de coronavírus 

A maioria das pessoas se infecta com os coronavírus comuns ao longo da vida, sendo as crianças pequenas mais propensas a se infectarem com o tipo mais comum do vírus. Os coronavírus mais comuns que infectam humanos são o alpha coronavírus 229E e NL63 e beta coronavírus OC43, HKU1.

Como prevenir o coronavírus?

O Ministério da Saúde orienta cuidados básicos para reduzir o risco geral de contrair ou transmitir infecções respiratórias agudas, incluindo o coronavírus. Entre as medidas estão:

  • Lavar as mãos frequentemente com água e sabonete por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização.
  • Se não houver água e sabonete, usar um desinfetante para as mãos à base de álcool.
  • Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas.
  • Evitar contato próximo com pessoas doentes.
  • Ficar em casa quando estiver doente.
  • Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo.
  • Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com freqüência.
  • Profissionais de saúde devem utilizar medidas de precaução padrão, de contato e de gotículas (mascára cirúrgica, luvas, avental não estéril e óculos de proteção).
  • Para a realização de procedimentos que gerem aerossolização de secreções respiratórias como intubação, aspiração de vias aéreas ou indução de escarro, deverá ser utilizado precaução por aerossóis, com uso de máscara N95.

Confira o passo a passo de como lavar as mãos de forma adequada: 

 

 

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.