COVID-19

Coronavírus: Pandemia transforma São João em evento online e solidário

Pandemia afeta tradição do São João em Campina Grande e Caruaru. Lives e plataformas solidárias marcam a festa, este ano

Coronavírus: Pandemia transforma São João em evento online e solidário

Abertura do São João de Caruaru, em 2019 - Foto: Divulgação/Prefeitura de Caruaru

Agência Brasil e TV Jornal

Por causa da pandemia do novo coronavírus, o arrasta-pé junino que invade o Brasil, especialmente o Nordeste, nesta época do ano, vai ser diferente. Nos berços das festas, as cidades de Caruaru, no Agreste de Pernambuco, e de Campina Grande, na Paraíba, que disputam o título de maior São João do Mundo, os festejos vão ganhar versão inédita, exclusivamente online, este mês.

Caruaru

Caruaru, que recebe mais de 3 milhões de pessoas nesta época, teve a festa cancelada, sem previsão de nova data. Para arrecadar donativos para 18 mil trabalhadores que se envolvem direta e indiretamente na realização do evento todos os anos, foi criada a plataforma São João Caruaru Solidário em parceria com igrejas, entidades da sociedade civil e organizações não governamentais.

Para doar, basta acessar o site do São João Caruaru Solidário, que oferece a possibilidade de custear cestas básicas (R$ 48), kits de higiene (R$ 25) e outros valores. Quem preferir também pode entregar a doação fisicamente, na sede da prefeitura. Durante a apresentação do São João Caruaru Solidário, a prefeitura exibiu vídeos de artistas que apoiam a campanha, como Dorgival Dantas, o vocalista da banda Mastruz com Leite, Neto, Petrúcio Amorim, Elba Ramalho e Eric Land. "As cores e o brilho da nossa festa vão estar em nossa memória e no coração, guardados com carinho para o próximo ano, se Deus quiser", diz Dorgival Dantas.

>> São João do Recife terá 420 apresentações virtuais e Forroviocas; entenda

>> Prefeitura do Recife proíbe venda de fogueiras e fogos no São João 2020

>> Confira os preços da mão de milho no Ceasa e a expectativa na pandemia

>> São João de Caruaru: prefeitura lança plataforma para ajudar trabalhadores

>> São João de Caruaru: prefeitura lança plataforma para ajudar trabalhadores

>> Fogueiras de São João podem aumentar risco de contrair coronavírus

Campina Grande

Segundo a empresa realizadora do São João de Campina Grande, nos dias 23, 24 e 27 de junho, 17 artistas vão se apresentar. Com transmissão pelo canal do evento no YouTube, o São João virtual será realizado com a participação de artistas regionais e atrações nacionais, como a cantora Elba Ramalho – dia 23 de junho - e tem como objetivo inovar e levar a festa para perto do público. Os shows terão cenário junino, retratando o Parque do Povo, sem a participação do público, mas adotando todas as medidas de proteção determinadas pela Organização Mundial da Saúde e autoridades sanitárias, para garantir a segurança dos artistas e equipes de produção.

Presencial

Em Campina Grande, que nos 30 dias de festa chega a movimentar R$ 300 milhões, os organizadores ainda pretendem fazer o evento da forma tradicional neste ano. A programação com os forrozeiros, no Parque do Povo, está marcado para o período de 9 de outubro a 8 de novembro deste ano, se não houver restrição na época por causa da pandemia do novo coronavírus.

Prefeitura do Recife proíbe venda de fogueiras e fogos no São João 2020

As comemorações juninas este ano na capital pernambucana sofrerão alterações com a proibição, pela Prefeitura do Recife, da venda de fogueiras e fogos de artifício. A Secretaria de Mobilidade e Controle Urbano do Recife (Semoc) informou que não irá publicar a autorização para a instalação das 44 barracas de venda de fogos de artifício e de fogueiras na cidade. 

A principal justificativa do órgão é a pandemia do novo coronavírus. A doença, que afeta o sistema respiratório-pulmonar do infectado, poderia se agravar com a inalação de fumaça proveniente de fogueiras e fogos. Os comerciantes desses produtos que estão cadastrados pela Prefeitura do Recife serão contactados pela Semoc para receber apoio e cestas básicas. Outra demanda para a proibição de fogueiras e fogos este ano vem de pessoas preocupadas com crianças pequenas, idosos e portadores de condições especiais, como autistas, além dos animais de estimação, que sofrem com o intenso barulho causado pelos fogos de artifício.

A fiscalização das vendas ficará a cargo das equipes da Secretaria de Mobilidade e Controle Urbano e do Procon Recife, que têm realizado diariamente o ordenamento e controle comercial para cumprimento dos decretos estaduais e municipais de combate à Covid-19.

Denúncias de venda irregular podem ser feitas de acordo com a área da cidade em que a irregularidade está acontecendo:

Regional Centro-Oeste: Whatsapp: 99110-1789/ E-mail: centrooestedircon@gmail.com

Regional Norte: Whatsapp: 99159-1493/ E-mail: nortedircon@gmail.com

Regional Sul: Whatsapp: 99485-0083/ E-mail: suldircon@gmail.com

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.