RETOMADA

Bares e restaurantes se preparam para reabertura antecipada em Pernambuco


A data foi antecipada e os bares e restaurantes devem voltar a operar com 50% da capacidade

Gustavo Henrique Gustavo Henrique
Gustavo Henrique
Gustavo Henrique
Publicado em 19/06/2020 às 8:20
Wellington Lima - JC Imagem
FOTO: Wellington Lima - JC Imagem
Leitura:

A data de reabertura dos bares e restaurantes de Pernambuco foi antecipada. Anteriormente, no cronograma inicial do Plano de Convivência com a Covid-19 do Estado, o setor estava previsto para voltar apenas a partir da etapa 7 do plano, com apenas 50% da capacidade dos estabelecimentos.

Porém, baseado em critérios do documento, como a tendência à estabilização da curva epidemiológica, o Governo determinou que a retomada do setor deverá começar durante a etapa 6.

Contudo, a data exata de reabertura ainda não foi estabelecida pelo Governo. (veja nota de esclarecimento mais abaixo).

>>>Confira quem recebe auxílio emergencial nesta sexta-feira (19)

"Em diálogo com o setor, a Abrasel solicitou que a flexibilização das restrições fosse antecipada para a etapa 4 (dia 22 de junho) e, em seguida, reapresentou pedido para que a atividade passasse a integrar a etapa 5 (29 de junho). O comitê socioeconômico de enfrentamento ao coronavírus, considerando a relevância do setor para a economia e avaliando os indicadores monitorados pela Saúde, considerou segura a antecipação da reabertura, mas dentro da etapa 6", confirmou a secretaria de Desenvolvimento Econômico.

A Associação Brasileira de Bares e Restaurantes Seccional Pernambuco (Abrasel-PE) ainda esperava uma resposta do governo quanto ao pedido de adiantamento para o dia 29. "Agora, com a finalização dos protocolos, a gente acharia prudente que o governo flexibilizasse pro dia 29 (de junho). Não queremos entrar em mais um mês com o fluxo de caixa paralisado, sem capacidade de pagamento e necessidade de reposição do estoque ou capital de giro", disse o presidente da Abrasel-PE, André Luiz Araújo.

A secretaria reforça que o Plano de Convivência segue aberto a ajustes e pode ter etapas antecipadas ou adiadas, "respondendo diretamente ao comportamento dos indicadores de saúde.".

Protocolo de Prevenção

No Estado há pelo menos 15 mil bares e restaurantes, sendo 7 mil pequenas empresas. De acordo com a Abrasel-PE, Independentemente da data de retorno, a volta se dará com 50% da capacidade, além de continuar aplicando medidas para manter o distanciamento social e a higienização, conforme será definido em protocolo.

Nota de esclarecimento na íntegra

A Secretaria de Desenvolvimento Econômico de Pernambuco informa que a reabertura gradual e controlada dos serviços de alimentação (bares, restaurantes e lanchonetes), um dos segmentos previstos no “Plano de Convivência das Atividades Econômicas com a Covid-19”, foi antecipada da Etapa 7 para a Etapa 6, conforme informado em coletiva de imprensa realizada na noite de quarta-feira, dia 17.

Inicialmente, o retorno se dará com 50% da capacidade dos estabelecimentos. No entanto, ainda não tem data prevista e depende diretamente do comportamento dos indicadores monitorados diariamente pela Secretaria Estadual de Saúde.


Atenciosamente,

Gerência de Comunicação
Secretaria de Desenvolvimento Econômico
Governo de Pernambuco

Mais Lidas