TIMBU

Náutico vence Salgueiro e garante classificação nas quartas de final do Pernambucano

Thiago e Jorge Henrique marcaram para o Timbu, que venceu o Carcará por 2 a 1

Náutico vence Salgueiro e garante classificação nas quartas de final do Pernambucano

Atacante Thiago voltou e marcou o primeiro gol do Náutico no duelo. - Foto: Caio Falcão/Náutico

Klisman Gama | Pedro Alves

A volta do Náutico aconteceu de uma boa maneira, com vitória. O 2×1 diante do Salgueiro, no Cornélio de Barros, serviu para o torcedor matar a saudade de ver o time jogar, mas de também de algumas peças específicas, além de poder observar algumas das mudanças implementadas pelo técnico Gilmar Dal Pozzo. Com gols de Thiago e Jorge Henrique, o Timbu avançou para as quartas de final do Campeonato Pernambucano e encara o Central no próximo domingo, às 16h.A volta do Náutico aconteceu de uma boa maneira, com vitória. O 2×1 diante do Salgueiro, no Cornélio de Barros, serviu para o torcedor matar a saudade de ver o time jogar, mas de também de algumas peças específicas, além de poder observar algumas das mudanças implementadas pelo técnico Gilmar Dal Pozzo. Com gols de Thiago e Jorge Henrique, o Timbu avançou para as quartas de final do Campeonato Pernambucano e encara o Central no próximo domingo, às 16h.

O jogo

O duelo valia a classificação do Náutico, que partiu para cima em busca do resultado. O Salgueiro vinha sem pressão, por já estar na semifinal, tanto que entrou com o time reserva. Com isso, o Alvirrubro imprimia um maior ritmo de jogo, buscando espaços pelos lados com os pontas Erick e Thiago, mas a primeira boa chance foi do Carcará. Aos sete minutos, o atacante Alison recebeu boa bola pela direita e bateu cruzado para boa defesa de Jefferson. A resposta timbu foi certeira. Depois de cobrança de escanteio, o zagueiro Carlão desviou de cabeça e Thiago, na segunda trave, bateu cruzado e abriu o placar. 

O Náutico começou a mostrar boas ideias com a mudança tática aplicada por Gilmar Dal Pozzo, postando o time no 4-1-4-1. A pressão para retomar a bola no campo de ataque e o volume ofensivo, com várias opções para armar as jogadas, foram os pontos positivos. Porém, os pontos negativos pesaram para que viesse o empate do Carcará. A recomposição foi lenta no contra-ataque do Salgueiro, aos 21 minutos. Ciel fez bela jogada individual, deu prosseguimento na jogada e Alison recebeu na direita. O ponta cruzou e o próprio Ciel se antecipou e marcou de cabeça.

Com isso, o Timbu buscou o segundo  gol. A pressão aumentou e, aos 28, Rhaldney perdeu um gol incrível. Erick cruzou e, na pequena área, o volante pegou mal na bola, mandando nas mãos do goleiro Sérgio. Bem postado na defesa, o Salgueiro dava poucas brechas ao Náutico, que buscava acelerar as jogadas pelas pontas. Em uma delas, aos 45, Erick recebeu com espaço e bateu forte para boa defesa do arqueiro.

Segundo tempo

O Náutico continuou em cima, atrás do gol. Logo aos quatro minutos, Bryan cobrou falta em direção à área e Carlão cabeceou no canto esquerdo para grande defesa do goleiro Lucas. O Alvirrubro mantinha o Salgueiro acuado em seu campo defensivo. Aos 16 minutos, Thiago bateu cruzado e a bola sobrou para Jhonnatan, livre na pequena área e com o gol aberto, ‘furar’ o chute e desperdiçar uma grande chance.

 

As dobradinhas vinham pelos lados com Thiago e Hereda, na direita, Erick e Wilian Simões pela esquerda. Aos 30 minutos, a dupla do lado canhoto foi efetiva. Wilian Simões abriu para Erick, que cruzou. Thiago fez o desvio e a bola sobrou na frente da pequena para Jorge Henrique, que não perdoou. O Náutico quase ampliou aos 34, com chute de Lucas Paraíba, que fez o seu xará da meta sertaneja espalmar para escanteio

Ficha do jogo

Salgueiro

Sérgio (Lucas); Dadinha, Leozão, Hamilton e Richard; Matheus Rosas (Willian Daltro), Raimundinho e Caetano (Renato); Alison (Daniel Passira), Ciel e Thomas Anderson (João Paulo). Técnico: Daniel Neri. 

Náutico

Jefferson; Hereda, Carlão, Luanderson e Wilian Simões (Erick Daltro); Rhaldney (Djavan), Jhonnatan (Lucas Paraíba), Bryan (Jorge Henrique), Thiago (Júnior Brítez) e Erick; Kieza. Técnico: Gilmar Dal Pozzo.

Local: Estádio Cornélio de Barros, em Salgueiro. Árbitro: Tiago Nascimento. Assistentes: Ricardo Chianca e Marcelino Castro. Gols: Ciel, aos 21’ do 1ºT (SAL); Thiago, aos 10’ do 1ºT (NAU) e Jorge Henrique, aos 30’ do 2ºT. Cartões amarelos: Matheus Rosas (SAL); Kieza (NAU).

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.