INVESTIGAçãO

Celpe oferece até R$ 20 mil por informações de suspeito de matar eletricista em Limoeiro

De acordo com a Celpe, o dono do Haras Vovô Zito, em Limoeiro, é o suspeito do assassinato do funcionário da companhia elétrica

Celpe oferece até R$ 20 mil por informações de suspeito de matar eletricista em Limoeiro

Funcionário da Celpe foi morto em Limoeiro - Foto: Reprodução/WhatsApp

Após o assassinato de um funcionário, que aconteceu na última terça-feira (02), no município de Limoeiro, no Agreste de Pernambuco, a Celpe está oferecendo uma recompensa de até R$ 20 mil para quem fornecer informações que levem à localização do suspeito do crime. De acordo com a companhia elétrica, o suspeito foi identificado como Sebastião Ayres de Assis Neto, conhecido como Neto Santos.

As denúncias são anônimas e podem ser realizadas pelo telefone (81) 3719-4545 ou por meio do WhatsApp: (81) 98256-4545 e 98170-2525 do Disque Denúncia Agreste, que deve garantir o anonimato de quem repassar informações. A juíza da Comarca de Limoeiro, Fabiola Michele Muniz Mendes Freire de Moura decretou, nesta sexta-feira (02), o mandado de prisão preventiva do proprietário do Haras Vovô Zito. 

Relembre o caso

Ainda segundo a Celpe, a vítima teria sido morta após realizar a suspensão legal do fornecimento de energia por inadimplência de uma propriedade rural. De acordo com a polícia, o dono do Haras teria demonstrado insatisfação e atirou contra o eletricista. O corpo do eletricista foi enterrado na quarta-feira (30). As investigações do caso estão sendo conduzidas pela Delegacia de Limoeiro.

Notícias policiais da TV Jornal

Quer ficar acompanhando as notícias policiais da TV Jornal? Você pode ter acesso rápido a todas elas no nosso grupo, no Facebook. Acesse aqui o grupo Notícias Policiais TV Jornal.

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.