Transporte Público

TRT proíbe novos protestos de rodoviários na Região Metropolitana do Recife

A decisão prevê multa de R$ 30 mil por cada futuro protesto que venha a acontecer

Suzyanne Freitas
Suzyanne Freitas
Publicado em 14/10/2020 às 16:00
Felipe Ribeiro/JC IMAGEM
FOTO: Felipe Ribeiro/JC IMAGEM
Leitura:

Nesta quarta-feira (14), o Tribunal Regional do Trabalho da 6ª Região (TRT), determinou que os motoristas, cobradores e fiscais de ônibus deixem de realizar novas paralisações dos serviços de transporte público. A decisão é liminar, e foi dada pela vice-presidente do TRT, Dione Nunes Furtado.

>>Rodoviários voltam a protestar contra dupla função e demissões no Recife

>>Motorista de ônibus da Região Metropolitana do Recife desabafa sobre dupla função no trabalho

Multa

Além disso, a decisão prevê multa de R$ 30 mil por cada futuro protesto que venha a acontecer a ser paga pelo Sindicato dos Rodoviários.

Dupla função e demissões

Na manhã dessa terça-feira (13), os rodoviários voltaram a realizar manifestações, no Recife. Segundo os manifestantes, o motivo do protesto é a dupla função exercida pelos motoristas e as demissões dos cobradores.

Por conta da manifestação, passageiros foram obrigados a desembarcar dos ônibus, em vários pontos do centro da cidade. Algumas linhas pararam no Shopping Tacaruna. Na Rua do Sol, Avenida Conde da Boa Vista e Guararapes, integrantes do Sindicato dos Rodoviários bloquearam o trânsito, com cartazes.

Mais Lidas