AUXíLIO

Caixa inicia novos pagamentos do auxílio emergencial de R$ 300; confira todos os calendários

O calendário de saque e transferências do auxílio emergencial de R$ 300 vai até 2021, de acordo com a Caixa

Caixa inicia novos pagamentos do auxílio emergencial de R$ 300; confira todos os calendários

Longa fila na agência da Caixa para saque do auxílio emergencial - Foto: Welington Lima/JC Imagem

Com informações da Caixa Econômica Federal e Agência Brasil | Matéria atualizada em 05 de novembro de 2020

A Caixa Econômica Federal segue com o pagamento das parcelas do auxílio emergencial de R$ 300 (ou R$ 600 para mães de família). De acordo com o calendário de pagamentos e saques, os beneficiários do Bolsa Família recebem antes das pessoas que se inscreveram através do site ou aplicativo do auxílio emergencial. Após a finalização do ciclo 1, 2 e 3, a população precisa ficar atenta ao cronograma do ciclo 4, 5 e 6 para receber o auxílio emergencial. Confira abaixo todos os calendários e sabia quando vai receber e pode fazer o saque do auxílio emergencial.

>>Auxílio emergencial de R$ 300 começa a ser pago quando a pessoa receber todas as parcelas do benefício original

O pagamento da extensão do auxílio emergencial, no valor de R$ 300, para o público em geral (que não fazem parte do Bolsa Família), juntamente com o início do ciclo 3 de pagamento do auxílio emergencial. O presidente do banco, Pedro Guimarães, falou sobre o calendário de pagamento das parcelas do auxílio emergencial e afirmou que não existe necessidade da população chegar cedo ou até dormir na rua.  

 Bolsa Família 

  • 19 de outubro: NIS final 1;
  • 20 de outubro: NIS final 2;
  • 21 de outubro: NIS final 3;
  • 22 de outubro: NIS final 4;
  • 23 de outubro: NIS final 5;
  • 26 de outubro: NIS final 6;
  • 27 de outubro: NIS final 7;
  • 28 de outubro: NIS final 8;
  • 29 de outubro: NIS final 9;
  • 30 de outubro: NIS final 0.

Inscritos no aplicativo e site do auxílio emergencial

Ciclo 2 - saques e transferências

  • 19 de setembro - nascidos em janeiro;
  • 22 de setembro - nascidos em fevereiro;
  • 29 de setembro - nascidos em março;
  • 1 de outubro - nascidos em abril;
  • 3 de outubro - nascidos em maio;
  • 6 de outubro - nascidos em junho;
  • 8 de outubro - nascidos em julho;
  • 13 de outubro - nascidos em agosto;
  • 15 de outubro - nascidos em setembro;
  • 20 de outubro - nascidos em outubro;
  • 22 de outubro - nascidos em novembro;
  • 27 de outubro - nascidos em dezembro.

Ciclo 3 - depósitos na conta

  • 30 de setembro - nascidos em janeiro;
  • 5 de outubro - nascidos em fevereiro;
  • 7 de outubro - nascidos em março;
  • 9 de outubro - nascidos em abril;
  • 11 de outubro - nascidos em maio;
  • 14 de outubro - nascidos em junho;
  • 16 de outubro - nascidos em julho;
  • 21 de outubro - nascidos em agosto;
  • 25 de outubro - nascidos em setembro;
  • 28 de outubro - nascidos em outubro;
  • 29 de outubro - nascidos em novembro; 
  • 1 de novembro - nascidos em dezembro.

Ciclo 3 - saques e transferências 

  • 7 de novembro - nascidos em janeiro;
  • 7 de novembro - nascidos em fevereiro;
  • 14 de novembro - nascidos em março;
  • 21 de novembro - nascidos em abril;
  • 21 de novembro - nascidos maio;
  • 24 de novembro - nascidos junho;
  • 26 de novembro - nascidos em julho;
  • 28 de novembro - nascidos em agosto;
  • 28 de novembro - nascidos em setembro;
  • 1 de dezembro - nascidos em outubro;
  • 5 de dezembro - nascidos em novembro;
  • 5 de dezembro - nascidos em dezembro.

Vale lembrar que os ciclos 4, 5 e 6 do auxílio emergencial de R$ 300 ainda também não foram iniciados. O auxílio emergencial foi prorrogado por mais quatro meses e o calendário do auxílio emergencial de R$ 300 e vai até 2021. Confira os calendários abaixo.

Regras do auxílio emergencial

A extensão do auxílio emergencial começa a ser paga assim que a pessoa tiver recebido a quinta parcela do benefício original, seguindo o cronograma de depósitos e com a data limite de 31 de dezembro. Assim, quem se cadastrou pelo aplicativo ou site do banco e começou a receber o benefício em abril, receberá as nove parcelas, assim como todos os integrantes do Bolsa Família cujo valor do auxílio emergencial é maior que o recebido pelo programa de transferência de renda.

Em entrevista ao Por Dentro com Cardinot, o advogado previdenciário Almir Reis explicou como funciona a extensão de pagamento e saque do auxílio emergencial. ‘’Têm novas restrições, de modo que a prorrogação para quem continua preenchendo os requisitos é automática, mas há uma reavaliação mensal para saber se as pessoas continuam se enquadrando nos antigos e novos requisitos para continuar recebendo o auxílio emergencial’’, explicou.

Ciclo 4 - depósitos na conta, saques e transferências 

  • Nascidos em janeiro - pagamentos 30/10 e saques 07/11
  • Nascidos em fevereiro - pagamentos 04/11 e saques 07/11
  • Nascidos em março - pagamentos 05/11 e saques 14/11
  • Nascidos em abril - pagamentos 06/11 e saques 21/11
  • Nascidos em maio - pagamentos 08/11 e saques 21/11
  • Nascidos em junho - pagamentos 11/11 e saques 24/11
  • Nascidos em julho - pagamentos 12/11 e saques 26/11
  • Nascidos em agosto - pagamentos 13/11 e saques 28/11
  • Nascidos em setembro - pagamentos 15/11 e saques 28/11
  • Nascidos em outubro - pagamentos 16/11 e saques 01/12
  • Nascidos em novembro - pagamentos 18/11 e saques 05/12
  • Nascidos em dezembro - pagamentos 20/11 e saques 05/12

Ciclo 5 - depósitos na conta, saques e transferências 

  • Nascidos em janeiro - pagamentos 22/11 e saques 19/12
  • Nascidos em fevereiro - pagamentos 23/11 e saques 19/12
  • Nascidos em março - pagamentos 25/11 e saques 04/01
  • Nascidos em abril - pagamentos 27/11 e saques 06/01
  • Nascidos em maio - pagamentos 29/11 e saques 11/01
  • Nascidos em junho - pagamentos 30/11 e saques 13/01
  • Nascidos em julho - pagamentos 02/12 e saques 15/01
  • Nascidos em agosto - pagamentos 04/12 e saques 18/01
  • Nascidos em setembro - pagamentos 06/12 e saques 20/01
  • Nascidos em outubro - pagamentos 09/12 e saques 22/01
  • Nascidos em novembro - pagamentos 11/12 e saques 25/01
  • Nascidos em dezembro - pagamentos 12/12 e saques 27/01

Ciclo 6 - depósitos na conta, saques e transferências 

  • Nascidos em janeiro - pagamentos 13/12 e saques 19/12
  • Nascidos em fevereiro - pagamentos 13/12 e saques 19/12
  • Nascidos em março - pagamentos 14/12 e saques 04/01
  • Nascidos em abril - pagamentos 16/12 e saques 06/01
  • Nascidos em maio - pagamentos 17/12 e saques 11/01
  • Nascidos em junho - pagamentos 18/12 e saques 13/01
  • Nascidos em julho - pagamentos 20/12 e saques 15/01
  • Nascidos em agosto - pagamentos 20/12 e saques 18/01
  • Nascidos em setembro - pagamentos 21/12 e saques 20/01
  • Nascidos em outubro - pagamentos 23/19 e saques 22/01
  • Nascidos em novembro - pagamentos 28/12 e saques 25/01
  • Nascidos em dezembro - pagamentos 29/12 e saques 27/01

Poupança social digital

A poupança social digital é uma conta simplificada, sem tarifas de manutenção, com limite mensal de movimentação de R$ 5 mil. A movimentação do valor do auxílio emergencial pode, inicialmente, ser realizada por meio digital com o uso do aplicativo Caixa Tem.

Com o valor do auxílio emergencial, é possível realizar compras em supermercados, padarias, farmácias e outros estabelecimentos com o cartão de débito virtual e QR Code, por meio de mais de 9 milhões de maquininhas de cartão espalhadas por todo o Brasil.

O beneficiário do auxílio emergencial também poderá realizar o pagamento de contas de água, luz, telefone, gás e boletos em geral pelo próprio aplicativo ou nas casas lotéricas através da opção “Pagar na Lotérica” do Caixa Tem.

Cartão de débito virtual

Com o cartão de débito virtual é possível fazer compras pela internet, aplicativos e sites de qualquer um dos estabelecimentos credenciados. Para utilizar o cartão, o beneficiário do auxílio emergencial deve entrar no aplicativo e acessar o ícone “Cartão de Débito Virtual”. Feito isso, o usuário deverá digitar a senha do Caixa Tem.

Em seguida, aparecerão os seguintes dados: nome do cidadão, número e validade do cartão, além do código de segurança. Ao lado do código, é preciso clicar em “gerar”. O código de segurança vale para uma compra ou por alguns minutos. Para realizar uma nova compra, com o dinheiro do auxílio emergencial, é preciso gerar um novo código.

Dúvidas sobre o auxílio emergencial

A prestação de informações o auxílio emergencial está disponível apenas por meio do aplicativo CAIXA | Auxílio Emergencial, do site do auxílio emergencial auxilio.caixa.gov.br e da central telefônica exclusiva 111. Confira os canais da Caixa Econômica Federal para mais informações sobre o benefício e o Caixa Tem:

  • auxilio.caixa.gov.br
  • Central de Atendimento CAIXA – 111
  • Central de Atendimento do Ministério da Cidadania – 121
  • twitter.com/caixa
  • facebook.com/caixa
  • instagram.com/caixa
  • youtube.com/user/canalcaixa

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.