FENôMENO

[Vídeo] Meteoro é visto em várias cidades da Bahia e assusta moradores

O meteoro entrou na atmosfera e, além do clarão no céu, teve estrondo e tremores

[Vídeo] Meteoro é visto em várias cidades da Bahia e assusta moradores

O meteoro na Bahia foi registrado por câmeras - Foto: Reprodução/PDN Telecom

Com informações do UOL

Um meteoro entrou na atmosfera e deixou moradores de cidades da Bahia, como Ipirá, Itaberaba e Ituberá, no sul do estado, assustados. As pessoas foram surpreendidas com um clarão no céu, estrondo e temores. O fenômeno aconteceu, na noite da segunda-feira (26), por volta das 21h30. Após o ocorrido, vários relatos em redes sociais foram feitos. Em contato com o portal Uol, parceiro do Sistema Jornal do Commercio de Comunicação, o presidente da Associação Paraibana de Astronomia (APA) e integrante da Rede Brasileira de Observação de Meteoros (Bramon), Marcelo Zurita, explicou que o meteoro atingiu as camadas mais baixas da atmosfera e isso fez com que o som não passasse despercebido.

Explicação para o meteoro

Ainda de acordo com Marcelo Zurita, os estrondos e tremores ocorrem por conta da alta velocidade e o ângulo de entrada brusca do corpo (do meteroro), que ocasionam uma onda de choque e um deslocamento forte de ar, com aumento brusco de pressão e de temperatura. Ele também contou que o meteoro apresentou características semelhantes a outro meteoro registrado em 19 de outubro, e que também foi visto em cidades da Bahia. 

De acordo com o Portal Uol, as estações da Rede Sismográfica Brasileira (RSBR), coordenada pelo Observatório Nacional, não registraram atividade sísmica do meteoro. O fenômeno assustou muita gente, mas também houve quem ficou alegre ao ter visto o meteoro. 

Meteoro em Pernambuco

Um clarão no céu assustou os moradores de cidades como Custódia e Sertânia, no Sertão do Moxotó, e Iguaracy, no Sertão do Pajeú, em Pernambuco. Eles relataram, nas redes sociais, que observaram o clarão seguido de um forte barulho vindo do céu. O caso aconteceu em julho.

O clarão foi provocado por um tipo de meteoro chamado de bólido. O meteoro também foi visto nos estados da Bahia, Paraíba e Ceará. A Rede Brasileira de Meteoros, Bramon, calculou preliminarmente a trajetória do meteoro, mas ainda espera outros dados para confirmar as informações.

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.