CASO DE POLíCIA

Feminicídio: Idosa é morta a facadas e marido é preso suspeito do crime em Camaragibe

O crime de feminicídio chocou os moradores do bairro dos Estados

Feminicídio: Idosa é morta a facadas e marido é preso suspeito do crime em Camaragibe

O crime aconteceu na casa onde os idosos moravam em Camaragibe - Foto: Alex Oliveira/JC Imagem

Com informações de Mário Oliveira

Uma idosa, de 64 anos, foi morta a facadas, nesta quarta-feira (28), no bairro dos Estados, em Camaragibe, na Região Metropolitana do Recife. De acordo com a Polícia Civil, o marido da vítima, de 67 anos, suspeito do crime, foi preso em flagrante pelo crime de feminicídio e encaminhado para audiência de custódia. O caso chocou os moradores da região. Uma faca teria sido encontrada  na cena do crime e recolhida para ser periciada.

Os vizinhos não quiseram gravar entrevista, mas contaram que o casal morava na comunidade há cerca de 10 anos e estaria sofrendo de depressão. Pela manhã, familiares foram visitar os idosos e teriam percebido que a porta não estava trancada. Ao entrarem na residência, eles encontraram o idoso ferido e a idosa com várias lesões pelo corpo e já sem vida.

Os familiares dos idosos foram levados para o Departamento de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP) para prestar depoimento. O genro do casal falou em nome da família e contou que o sogro tomava remédios controlados por causa de problemas psicológicos. O idoso foi socorrido para a UPA da Caxangá onde está custodiado pela polícia. 

Nota da Polícia Civil na íntegra

A Polícia Civil prendeu em flagrante delito, na tarde de hoje (28), no plantão do DHPP, pelo crime de feminicídio, um homem de 67 anos de idade. A vítima, a mulher do autor, foi agredida com golpes de arma branca, vindo a óbito no local. Ele será encaminhado à audiência de custódia.

Notícias policiais da TV Jornal

Quer ficar acompanhando as notícias policiais da TV Jornal? Você pode ter acesso rápido a todas elas no nosso grupo, no Facebook. Acesse aqui o grupo Notícias Policiais TV Jornal.

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.