Comércio

Feira da Sulanca: Caruaru, Toritama e Santa Cruz do Capibaribe terão site para vendas online

Os clientes poderão comprar os produtos através da internet nas feiras dos três municípios do Agreste

Robert Sarmento
Robert Sarmento
Publicado em 29/10/2020 às 15:22
Reprodução/TV Jornal Interior
FOTO: Reprodução/TV Jornal Interior
Leitura:

Os clientes das feiras de Caruaru (Sulanca), Toritama (Parque das Feiras) e Santa Cruz do Capibaribe (Moda Center Santa Cruz) terão, a partir da segunda-feira (02), Dia de Finados, a opção de comprar os produtos através do site "Sulanquei", onde os barraqueiros das feiras irão cadastrar os materiais. A ideia inicial da plataforma, criada por três empresários, é atender todos os pernambucanos na Feira da Sulanca, mas deve ser ampliado para todo o Nordeste.

A expectativa é que as vendas aumentem 65% nas vendas e que 20 mil barraqueiros e lojistas se cadastrem no site. "A ideia surgiu com base não só da pandemia, mas é um projeto minuciosamente elaborado para atender, elevar e valorizar a classe. Nosso objetivo é ultrapassar as fronteiras regionais e colocar o Nordeste na rota da moda nacional e quem sabe internacional. Queremos que barraqueiros das três cidades tenham a primeira filial nacional de suas barracas no Sulanquei", contou Leonardo Carvalho, um dos sócios do site, em entrevista ao Jornal do Commercio.

Capacitação dos feirantes

O projeto também deve contemplar a capacitação para os comerciantes da Feira da Sulanca entenderem o processo de venda online. Ao todo, mais de 10 mil pessoas visitam as feiras de Caruaru, Santa Cruz do Capibaribe e Toritama em um dia de alto movimento, que caiu durante a pandemia do novo coronavírus. As feiras são um dos maiores comércios de vestuário de Pernambuco.

Mais Lidas