CASO DE POLíCIA

Feminicídio: Mulher é morta a facadas na frente dos três filhos no Centro de Igarassu

A Polícia Militar prendeu, em flagrante, um homem suspeito de cometer o feminicídio

Feminicídio: Mulher é morta a facadas na frente dos três filhos no Centro de Igarassu

O suspeito do feminicídio foi levado para a Delegacia de Polícia de Homicídios - Foto: Imagem: Paulo Daniel / TV Jornal

Uma mulher foi morta a facadas na frente dos três filhos, de 3, 6 e 8 anos de idade, segundo informações repassadas pela Polícia Militar, no Centro de Igarassu. De acordo com a PM, um homem apontado como suspeito do crime de feminicídio foi preso em flagrante, nesta quarta-feira (02), e encaminhado para a Delegacia de Polícia Civil de Paulista, onde acabou sendo autuado para a tomada das medidas legais cabíveis.

A vítima, de acordo com a Polícia Civil, tinha 35 anos. O suspeito havia fugido, mas foi localizado no município de Pitimbu, na Paraíba por uma equipe da Polícia Militar de Pernambuco em conjunto com a PM da Paraíba. Os policiais seguiram até o ponto indicado e prenderam o suspeito.

Nota da Polícia Civil de Pernambuco

A Polícia Civil de Pernambuco, por meio da 6a Delegacia de Polícia de Homicídios - Paulista, prendeu um homem, de 30 anos, acusado de ter praticado feminícidio contra a companheira, de 35 anos, na manhã desta quarta-feira (02), em Igarassu. A vítima teria sido atingida com diversos golpes de arma branca. O suspeito havia fugido, mas foi localizado no município de Pitimbu, na Paraíba, por uma equipe da PM-PE em conjunto com a PMPB.

Notícias policiais da TV Jornal

Quer ficar acompanhando as notícias policiais da TV Jornal? Você pode ter acesso rápido a todas elas no nosso grupo, no Facebook. Acesse aqui o grupo Notícias Policiais TV Jornal.

#UmaPorUma

A violência contra a mulher é constante e frequentemente acaba em tragédia. Existe uma história para contar por trás de cada feminicídio, em Pernambuco. O especial Uma por uma contou todas. Em 2018, o projeto mapeou  onde as mataram, as motivações do crime, acompanharam a investigação e cobraram a punição dos culpados. Um banco de dados virtual, com os perfis de vítimas e agressores, além dos trágicos relatos que extrapolam a fotografia da cena do crime. Confira o especial Uma por Uma, sobre feminicídio.

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.