NASCIMENTO

Quais foram os nomes de bebê preferidos em 2020? Veja ranking

Este ano, nomes de personagens de séries e desenhos inspiraram pais na hora da escolha

Gustavo Henrique
Gustavo Henrique
Publicado em 09/12/2020 às 19:00
Arquivo/Agência Brasil
FOTO: Arquivo/Agência Brasil
Leitura:

Um levantamento dos nomes próprios que estão sendo mais usados atualmente finalizou o ranking de nomes de bebê. O estudo foi feito pela BabyCenter Brasil, com base em cerca de 350 mil cadastros na plataforma digital gratuita de bebês nascidos ao longo de 2020, ano marcado pela pandemia do novo coronavírus.

Há 10 anos, Miguel é o nome de menino preferido das famílias brasileiras. Para meninas, o nome mais escolhido em 2018, 2019 e também 2020 foi Helena.

Miguel dominou a década nos nomes de meninos, mas nas preferências de nomes femininos houve bem mais variação. Lideraram o ranking nos últimos dez anos os nomes Júlia, Sophia, Alice e Helena.

Nomes que mais subiram:

Meninos: Ravi, José, Matteo, Otto, Josué, Oliver, Theodoro, Levi e Gael

Novos no top 100: Rael, Dante, Thales, José Miguel, Estevão e Ruan

Meninas: Maria Liz, Aurora, Ayla, Ana, Luna, Louise e Melina

Novos no top 100: Hadassa, Jade, Fernanda

Nomes que mais caíram:

Meninos: Ícaro, Enzo, Luiz Felipe, Valentim, Enzo Gabriel, Arthur Miguel, Rodrigo e Martin

Saíram do top 100: Davi Luiz, Vitor Hugo, Lucas Gabriel, Bruno, Pedro Miguel, Hugo

Meninas: Pérola, Ana Júlia, Ana Clara, Ana Luísa, Maria Valentina, Isabelly, Ana Lívia, Gabrielly

Saíram do top 100: Amanda, Isabel e Ana Sophia

Império Disney

Lá pelos idos de 2012 apareceu certa princesinha Sofia da Disney que arrebatou o coração de milhões de pais e mães pelo mundo, ajudando a tornar o nome um dos campeões de vários cantos do planeta. Desde então, esse poder Disney de influenciar e estar em sintonia com as escolhas de nomes só vem crescendo. Helena, por exemplo, é o nome mais dado do ano para meninas no Brasil e é também personagem principal da série “Elena de Avalor”, da Disney (assim como Matteo). Matteo também é personagem da telenovela argentina “Sou Luna”, da Disney, que contribuiu para a explosão de nascimentos de brasileirinhas chamadas Luna. Aurora e Bella, cada vez mais populares no Brasil, são nomes de protagonistas dos clássicos filmes de princesa. E o BabyCenter vem observando registros de meninas chamadas Moana e até Nala.

Equipe Grey's Anatomy

Vem de uma das empresas do grupo Walt Disney ainda a série "Grey's Anatomy", responsável pela subida dos nomes Derick e Izzie entre os nomes da moda no Brasil. Já o sobrenome do personagem Alex Karev vem sendo usado até como segundo nome para meninos.

Influenciadores digitais

Do universo das telas aparece outra grande força: os influenciadores digitais. Celebridades como a atriz e apresentadora Giovanna Ewbank servem de inspiração tanto com seu estilo de vida altamente documentado e comentado como pelos nomes que dão aos filhos. Bless, nome de um filhos de Giovanna com o ator Bruno Gagliasso, já aparece com alguns registros nas listas do BabyCenter, e Zyan, nome do caçulinha do casal, deve avançar ao longo do próximo ano. Ravi, um dos maiores sucessos do ranking de 2020, foi também impulsionado pelo filho do DJ Alok com a médica Romana Novais. Rael, outra das escolhas mais comuns do ano, tem seu DNA ligado ao filho da atriz Isis Valverde. Destacam-se ainda os nomes Zoe, filha da apresentadora Sabrina Sato, e Zion, da influencer Jade Seba, cujo nome também subiu nos rankings.

Ícones negros

Se algumas celebridades encantam pelos nomes que dão aos filhos, outras são figuras tão marcantes que atraem toda a admiração pelo próprio nome que carregam. É o caso da apresentadora da Rede Globo Maju Coutinho e da cantora Iza, cujos nomes avançam na lista dos nomes de menina mais dados do Brasil. Em um momento histórico tão marcante do movimento negro mundial, não é coincidência que o nome dessas duas mulheres poderosas sirva de inspiração às famílias do País. É também o caso do nome Dandara, famoso pela figura da companheira de Zumbi dos Palmares, que agora subiu 43 posições no ranking do BabyCenter Brasil. Subiu também Malia, nome de uma das filhas do ex-presidente dos Estados Unidos Barack Obama.

Ídolos do esporte

Grandes ídolos do esporte mundial servem igualmente para alavancar preferências de nomes em terras brasileiras. Da NBA, por exemplo, as conquistas dos jogadores Kawhi Leonard e LeBron James renderam alguns bebês homônimos aqui. O piloto de Fórmula 1 Lewis Hamilton também inspirou nomes de bebê na lista do BabyCenter. Do vitorioso time do Flamengo de 2019, o BabyCenter detectou um aumento no nome do atacante Bruno Henrique.

Ranking BabyCenter Brasil

Além disso, o ranking BabyCenter Brasil considera nomes duplos separadamente: João Pedro é um nome diferente de João Miguel, em vez de todos serem contabilizados apenas como João, como acontece em outros levantamentos.

A plataforma BabyCenter inclui o site brasil.babycenter.com e o aplicativo grátis Minha Gravidez e Meu Bebê Hoje, que acompanha a gravidez e o desenvolvimento do bebê até um ano. O ranking 2020 foi elaborado a partir do cadastro de 350 mil bebês nascidos em 2020 na plataforma. No Brasil, nascem cerca de 3 milhões de bebês por ano.

Mais Lidas